Corecon-RS nas formaturas da Ulbra e da PUCRS

Com o objetivo de estreitar ainda mais as relações com os alunos e com as instituições acadêmicas, o Corecon-RS inicia o ano de 2019 acompanhando as solenidades de formaturas de graduação dos cursos de Ciências Econômicas nas universidades gaúchas.

No dia 5 de janeiro, o conselheiro federal, economista Henri Bejzman, representou a Entidade na formatura dos novos bacharéis da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), que aconteceu no Auditório do Prédio 11, do Campus de Canoas.

 

No último sábado, dia 19, o conselheiro Bruno Caldas representou o Corecon-RS na solenidade de formatura dos novos bacharéis de Ciências Econômicas da PUCRS, que aconteceu no Salão de Atos, do Prédio 4, da Universidade. No dia 25, às 18 horas, no Salão de Atos da UFRGS, em Porto Alegre, o Corecon-RS também estará presente à solenidade de formatura dos estudantes do Curso de Ciências Econômicas da Universidade. 

No dia 1º de fevereiro, em Caxias do Sul, acontece a solenidade de formatura solene do Curso de Ciências Econômicas da Universidade de Caxias do Sul (UCS). Será às 20 horas, no Bloco M, no Teatro da UCS, No dia 8, na Vila Olímpica - Campus Sede da UCS, acontece a formatura integrada. No dia 2 de fevereiro, acontece a formatura da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), às 19 horas, no Salão Nobre do Avenida Tênis Clube (ATC), no Campus Santa Maria.  No dia 23 de fevereiro, será a vez da formatura dos novos bachareis da Universidade de Passo Fundo (UPF) e da Unisinos, e, no dia 15 de março, às 18h30min,  estarão sendo graduados os estudantes da Universidade de Ijuí (Unijuí), no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum. 

Abertas inscrições para o XXIII CBE, em Florianópolis

Encontram-se abertas as inscrições para o XXIII Congresso Brasileiro de Economia (CBE), que acontecerá de 16 a 18 de outubro próximo, cidade de Florianópolis. Numa promoção do Cofecon e do Corecon-SC, com o apoio do Sindecon-RS, o evento, voltado para a reflexão e debate sobre os principais aspectos que afetam a economia brasileira e mundial, terá como tema central as “Alternativas para a retomada do Desenvolvimento Econômico”.

O objetivo do XXIII CBE é promover a valorização, atualização e integração dos profissionais de economia de todo o país, bem como estudantes e profissionais de outras áreas, para a geração de ideias que contribuam com soluções inovadoras para a implantação de tecnologias, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social de forma sustentável, proporcionando melhor qualidade de vida para as atuais e futuras gerações.

Estarão presentes, além dos mais renomados economistas do País e palestrantes internacionais, especialistas, autoridades governamentais, estudantes e representantes dos principais segmentos da economia e da sociedade civil em geral.

A programação do encontro prevê a realização de mesas redondas, painéis, além de palestras magnas, diversas atividades culturais, premiações e homenagens. Os temas vão promover uma reflexão sobre os mais variados aspectos da economia brasileira e internacional.

Para inscrições e maiores informações sobre o Congresso, acesse o site www.cbe2019.com.br

Anuidade 2019

Pessoa Física e Jurídica

Prezado(a) Economista:

O carnê referente à anuidade de 2019, tanto para Pessoa Física como para Pessoa Jurídica, emitido pelo Corecon-RS, deverá chegar em sua residência até o final da primeira quinzena de janeiro de 2019.

Poderá ser quitado à vista ou em três (03) parcelas, em qualquer agência bancária. até a data de vencimento.

Seguem, abaixo, as instruções para pagamento:

Para pagamento à vista, escolher a opção para cota única:

- Cota única, com 10% de desconto, no valor de R$ 519,60, vencimento em 31/01/2019;
- Cota única, com 5% de desconto, no valor de R$ 548,46, vencimento em 28/02/2019;
- Cota única, no valor de R$ 577,33, vencimento em 29/03/2019; 

Ou pagamento parcelado em três (03) parcelas de R$ 192,44:

- 1ª parcela - vencimento 31/01/2019;
- 2ª parcela - vencimento 28/02/2019;
- 3ª parcela - vencimento 29/03/2019.

Eventuais dúvidas, reclamações e/ou impugnação, poderão ser encaminhados, no prazo de 30 dias a partir do recebimento do carnê de anuidade de 2019, ao setor de Cobrança do Corecon-RS, na rua Siqueira Campos, 1184, conj. 601/606, fone: (51) 3254.2600, email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Rogério Tolfo e Marivia de Aguiar Nunes assumem gestão do Corecon-RS em 2019




O economista Rogério Vianna Tolfo foi reeleito, na tarde de quinta-feira, dia 10, presidente do Corecon-RS. Para a vice-presidência, foi eleita a economista Marivia de Aguiar Nunes. A eleição, para um mandato de um ano, ocorreu durante a primeira sessão plenária de 2019, na sede da Entidade, em Porto Alegre. Durante a reunião-plenária, presidida pelo conselheiro Aristóteles Galvão, também tomou posse o novo terço de conselheiros eleitos em outubro último, para o triênio 2019/21. Assumiram os economistas Antonio Carlos Brites Jaques, Filipe Grisa e Vanessa Neumann Sulzbach, como Conselheiros Titulares, e Bernardo Baggio, José Junior de Oliveira e Pedro Lutz Ramos, como Conselheiros Suplentes.

TolfoMariv1Em seu discurso de posse, Rogério Tolfo agradeceu a confiança dos colegas conselheiros, e deu as boas-vindas ao novo terço que está assumindo. Falou das principais realizações em sua última gestão e disse que “agora, junto com a colega Marivia e com a nova configuração de conselheiros, continuará os trabalhos iniciados no ano anterior, ainda na parceria do ex-vice-presidente Bruno Caldas, que tanto se dedicou para a consolidação da nossa Entidade”.

A vice-presidente eleita, Marivia Nunes, elogiou o empenho e dedicação por parte dos conselheiros com os temas e pautas que envolvem o Corecon e o fortalecimento da profissão de Economista e falou da importância de dar continuidade às ações e projetos que a Entidade vêm desenvolvendo. Ressaltou a importância de o Corecon-RS promover o III Encontro de Economia e de estreitar e fortalecer ainda mais a relação com as universidades.

Rogério Tolfo foi presidente do Corecon-RS na gestão anterior e vice-presidente da Entidade na gestão 2017. É economista formado pela PUC-RS, com pós-graduação em gestão empresarial. Com registro no Corecon-RS desde 1998, é consultor econômico-financeiro, com atuação no mercado empresarial há mais de 20 anos nas áreas financeiras e de gestão. Atua em assessoria e consultoria na compra e venda de empresas e dissoluções societárias, elaboração de planos de negócios e valuation para fundos de investimento, projetos de investimentos de longo prazo e acesso a linhas de financiamento. É membro titular do Tribunal Administrativo de Recursos Tributários (TART), da Prefeitura de Porto Alegre, para o biênio 2018/2019.

Marívia de Aguiar Nunes é Doutoranda em Economia (PUCRS), Analista na Gerência de Análise Técnica da área de Estudos Econômicos do Banrisul e professora Assistente na Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (Fadergs).

Também estiveram presentes na sessão-plenária os conselheiros Aristóteles Galvão, Bruno Breyer Caldas, Darcy Francisco Carvalho dos Santos, Filipe Grisa, Guilherme Stein, Henrique Brusius Renck, Jorge Luis Tonetto, e Victor Sant'Ana. Também participou da solenidade o conselheiro federal Henri Wolf Bejzman.

Quem compõe o novo terço de conselheiros do Corecon-RS:

conselheiros

Conselheiros Titulares:

Antonio Carlos Brites Jaques

jaquesEconomista, com mestrado profissional em economia (UFRGS), é especialista em Gestão de Programas Governamentais (OEA, ESAF/Brasília). Desenvolveu carreira como Auditor Fiscal do RS, onde ocupou funções de Assessor Técnico, Coordenador da Divisão de Estudos Econômicos e Diretor da Receita Estadual. Representou o Governo do Estado junto ao Ministério da Fazenda no Confaz, responsável pela harmonização das relações tributárias entre os estados. Exerceu funções estratégicas no setor público, como Diretor Financeiro da Caixa Econômica Estadual, Diretor da Banrisul Distribuidora, Vice-presidente do Banrisul, Presidente do Grupo CEEE e Secretário de Estado da Fazenda do RS. Foi conselheiro e presidente do Corecon-RS, conselheiro e vice-presidente do Cofecon, gestões em que foram adquiridas as atuais sedes do Corecon-RS e Cofecon, em Brasília. Atualmente atua como consultor sênior em elaboração, monitoramento e avaliação de projetos e políticas públicas.

Filipe Grisa

grisa
Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do RS (2009). Atualmente é analista do Departamento Estadual de Trânsito do RS. Com experiência na área bancária, possui especializações em Economia e Finanças (UFRGS) e Economia da Cultura (UFRGS). Atuou por três anos como conselheiro Suplente do Corecon-RS, trabalhando com ênfase nas áreas de licitações e transparência.

 

Vanessa Neumann Sulzbach

vanessa
Economista formada pela Universidade Federal do RS (UFRGS), com mestrado em economia na EESP/FGV de São Paulo e doutoranda em economia na UFRGS. Trabalhou em consultoria na LCA, como economista na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs) e na Fundação de Economia e Estatística (FEE), onde desempenhou função de Assessora Técnica entre 2015 a 2018.



 
Conselheiros Suplentes:

Bernardo Baggio

baggio
Economista formado pela Pontifícia Universidade Católica do RS (PUCRS), onde também cursou Ciências Jurídicas e Sociais. Pós-graduado em Gestão Empresarial pela PUCRS, MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), e Mestre em Economia Internacional pela Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos). Atua como Gerente de Investimentos da Fundação CEEE de Seguridade Social, como Economista Perito e consultor de empresas.

 

 

José Junior de Oliveira

juniorPossui graduação em Economia pela PUCRS, pós-graduação em Administração Financeira pela Unisinos e Mestrado Profissional em Economia Aplicada pela UFRGS. Atualmente é presidente da Apimec-Sul, Analista de Investimentos Sênior da Caixa de Assistência dos Empregados do Banco do Estado do RS (Cabergs) e professor universitário na área de Finanças e Mercado Financeiro e de Capitais na ESPM Sul, professor de Matemática Financeira, Economia e Mercados na FTEC/IBGEN. Professor de Finanças, Mercado de Capitais e Governança Corporativa em cursos de pós-graduação e MBA em diversas instituições de ensino superior. Atua na área de Economia, Análise de Investimentos, com ênfase em Finanças e Gestão de Recursos no Mercado Financeiro e de Capitais.

Pedro Lutz Ramos

pedroGraduado, mestre e doutor em economia pela Universidade Federal do RS (UFRGS), onse se especializou em modelagem macroeconômica. Trabalha como economista desde 2008 passando por entidades empresariais gaúchas, como Câmara dos Dirigentes Lojistas de Porto Alegre (CDLPoA) e a Federação do Comércio de Bens e Serviços do Estado do RS (Fecomércio-RS). Desde 2011, vem contribuindo para que a Gerência de Análise econômica do Banco Cooperativo Sicredi seja premiada como uma das áreas econômicas do país com maior precisão em suas projeções, segundo a Bloomberg, o Banco Central do Brasil e o Grupo Estado de São Paulo. Agrega experiência como professor de Econometria em programas de MBA. Tem artigos publicados em periódicos nacionais e em congressos de Economia.

 

Conselheiros federais assumem dia 31, em Brasília

conselheirosfederais2019Os economistas gaúchos Clovis Meurer e Henri Bejzman assumem, no dia 31 de janeiro próximo, em Brasília, como conselheiros do Cofecon. A solenidade de posse dos novos conselheiros federais, assim como da nova presidência e da vice-presidência da Entidade, acontecerá às 19 horas, no Hotel Nacional. Meurer (Conselheiro Efetivo) e Bejzman (Conselheiro Suplente) foram eleitos, durante a Assembleia de Delegados-Eleitores dos Conselhos Regionais de Economia do país, ocorrida no dia 30 de novembro de 2018.

Ao todo, foram eleitos seis conselheiros efetivos e seis suplentes, para um mandato de três anos, de 2019-2021. Como conselheiros federais efetivos, assumirão os economistas Clóvis Benoni Meurer (RS), Denise Kassama Franco do Amaral (AM), Heric Santos Hossoé (MA), Lauro Chaves Neto (CE), Maurílio Procópio Gomes (AL), e Paulo Dantas da Costa (BA). Como suplentes, foram eleitos Bianca Lopes de Andrade Rodrigues (RO), Eduardo Reis Araújo (ES), Henri Wolf Bejzman (RS), Nei Jorge Corrêa Cardim (BA), Paulo Roberto de Jesus (SC) e Teresinha de Jesus Ferreira da Silva (PI).

No dia 1º de fevereiro, na sede da autarquia federal, será realizada a 688ª Sessão Plenária Ordinária Ampliada do Cofecon.

Encerra-se em 31 de janeiro próximo o prazo para Comunicação ao COAF

O Conselho Regional de Economia da 4ª Região RS informa que 31 de janeiro de 2019 é o prazo para os profissionais da área de economia comunicarem a Entidade sobre a NÃO OCORRÊNCIA de fatos ou suspeições, que demandem comunicação ao COAF (Conselho de Controle de Atividades Financeiras - http://fazenda.gov.br/orgaos/coaf ), no exercício de 2018, conforme determinação contida nos parágrafos 3º e 4º, do Artigo 3º, da Resolução nº 1.902/2013 - COFECON.

A comunicação é para pessoas físicas e jurídicas devidamente registradas neste Regional que trabalham com economia e finanças.
No caso de desempenho das atividades de economia e finanças, listadas na Seção 2.3.1, da Consolidação da Legislação da Profissão do Economista, segue nos links abaixo o documento a ser preenchido e enviado ao Corecon-RS para o email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..


Para preencher o formulário clique abaixo.
>> COMUNICAÇÃO AO COAF VIA CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA <<


Em caso de comunicação positiva do economista/ou empresa, referente à suspeição, deverá relatar tal ocorrência diretamente ao COAF, por meio do sítio eletrônico https://siscoaf.fazenda.gov.br/siscoaf-internet/pages/cadastroPO/tipoPO.jsf
No intuito de esclarecer dúvidas relacionadas ao cumprimento da comunicação ao COAF, bem como o previsto na Resolução n.º 1.902/2013 – COFECON e Lei Federal n.º 9.613/92, baixe a cartilha explicativa disponibilizada no site do COFECON.

Alerta-se aos economistas que o não encaminhamento da declaração poderá resultar na aplicação das sanções previstas no art. 12 da Lei n.º 9.613/98.

Prorrogadas inscrições para o VI Prêmio Serviço Florestal Brasileiro em Estudos de Economia e Mercado Florestal


Estão prorrogadas, até o dia 11 de janeiro, as inscrições para o VI Prêmio Serviço Florestal Brasileiro em Estudos de Economia e Mercado Florestal. Idealizado pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB), o prêmio visa estimular a pesquisa, buscando ampliar e disseminar o conhecimento em Economia e Mercado Florestal, focando a produção sustentável no Brasil, os seus desafios e as perspectivas socioeconômicas e ambientais. Inscreva-se agora.

Coordenado pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), o prêmio é um convite à sociedade brasileira para apresentar novas ideias e contribuições acerca do tema proposto. Pretende-se, ainda, mobilizar profissionais que podem e tenham interesse em contribuir para o debate, proporcionando a criação de um portfólio de estudos que contribuam para o aprimoramento institucional do SFB.

Poderão concorrer trabalhos individuais ou em grupo de candidatos de qualquer nacionalidade, idade ou formação acadêmica, em duas categorias: Graduando; e Profissional.

O concurso terá como tema único Economia e Mercados Florestais. Entre os subtemas a serem apresentados neste concurso, encontram-se:

 Clique aqui para conferir o edital e mais informações.

VI Prêmio Serviço Florestal Brasileiro em Estudos de Economia e Mercado Florestal

Inscrições: até o dia 11 de janeiro, pelo link https://inscricao.enap.gov.br/

Outras informações: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Cursos de Pós Graduação da Faculdade Monteiro Lobato com matrículas abertas

Cursos de Pós Graduação da Faculdade Monteiro Lobato com matrículas abertas para 2019/1:

Desconto 70% na matrícula (1ª mensalidade), realizada até 15 de janeiro de 2019, e desconto de 20% a partir da 2ª mensalidade até o final, sempre que o pagamento ocorrer em dia (desconto não cumulativo com outros descontos).

Plano de pagamento diferenciado: 24, 30 ou 36 parcelas


MBA EM COMPLIANCE E GESTÃO DE RISCOS
http://www.monteirolobato.edu.br/pos-graduacao/curso/mba-compliance-e-gestao-de-riscos


MBA EM AUDITORIA
http://www.monteirolobato.edu.br/pos-graduacao/curso/mba-em-auditoria-5-edicao


MBA EM GESTÃO PÚBLICA ESTRATÉGICA
www.monteirolobato.edu.br/pos-graduacao/curso/mba-em-gestao-publica-estrategica-1-edicao


MBA EM PERICIA TRABALHISTA
http://www.monteirolobato.edu.br/pos-graduacao/curso/mba-pericia-trabalhista-2-edicao


MBA RM RH COM ÊNFASE EM ROTINAS TRABALHISTAS E ADMINISTRATIVAS
http://www.monteirolobato.edu.br/pos-graduacao/curso/mba-em-recursos-humanos-enfase-nas-rotinas-administrativas-e-trabalhistas-5-edicao


MBA EM GESTÃO INSTITUIÇÃO DE ENSINO
http://www.monteirolobato.edu.br/pos-graduacao/curso/mba-em-gestao-instituicao-de-ensino-1-edicao

 

 

Novo terço de conselheiros assume nesta quinta, dia 10

O novo terço de conselheiros, Efetivos e Suplentes, do Corecon-RS, assim como o Delegado Eleitor Efetivo e Suplente junto ao Colégio Eleitoral do Cofecon, assumem nesta quinta-feira, dia 10, durante sessão plenária, na sede da Entidade. Assumirão, para um mandato de três anos (2019/21), os economistas Antonio Carlos Brites Jaques, Filipe Grisa e Vanessa Neumann Sulzbach, como Conselheiros Titulares, e Bernardo Baggio, José Junior de Oliveira e Pedro Lutz Ramos, como Conselheiros Suplentes. 

Conselheiros Titulares:

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conselheiros Suplentes:

 

 

 

 

 

 

 

 




 

 

 

 

 

 

 

 



Página 1 de 47