LIVE: “Homem, natureza e economia no Antropoceno”, com os professores economistas Maria Carolina Gullo e Daniel Caixeta Andrade

Os economistas Maria Carolina Gullo, professora do PPG em Direito Ambiental da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e membro Diretoria Região Sul da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (Ecoeco), e Daniel Caixeta Andrade, professor do Instituto de Economia e Relações Internacionais da Universidade Federal de Uberlândia (IERI-UFU) e presidente da Ecoeco, participam de live, nesta terça-feira, dia 15, às 18 horas. Abordarão o tema “Homem, natureza e economia no Antropoceno”, dentro do projeto “Força-tarefa: economistas falam à sociedade gaúcha”, promovido pelo Corecon-RS.


Transmissão 
https://www.facebook.com/coreconrs


Currículos

Maria Carolina Gullo
Graduada em Economia pela Unisinos, Mestrado em Economia Rural pela UFRGS e Doutorado em Economia pela UFRGS. Professora Adjunta da Universidade de Caxias do Sul (UCS). Atua como Professora do Programa de Pós Graduação em Direito (ambiental). Membro da Diretoria Região Sul da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (Ecoeco).

Daniel Caixeta Andrade

Professor Associado do Instituto de Economia e Relações Internacionais da Universidade Federal de Uberlândia (IERI-UFU). É economista, graduado pela Universidade Federal de São João del Rei. Mestrado em Economia pela Universidade Federal de Uberlândia e o Doutorado em Desenvolvimento Econômico pelo Instituto de Economia da Unicamp. É presidente da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (Ecoeco).

LIVE: "Cenários para a economia gaúcha: é a hora da retomada?”, com os economistas André Nunes de Nunes, Antônio da Luz, Patrícia Palermo e Darcy Francisco Carvalho dos Santos 

Os economistas ANDRÉ NUNES DE NUNES (Economista-Chefe da Fiergs), ANTÔNIO DA LUZ (Economista-Chefe da Farsul), PATRÍCIA PALERMO (Economista-Chefe do Sistema Fecomércio-RS) e DARCY FRANCISCO CARVALHO DOS SANTOS (Especialista em Finanças Públicas), participam da live “Cenários para a economia gaúcha: é a hora da retomada?”, no dia 8 de fevereiro (segunda-feira), às 19h30min. O evento, promovido pelo Corecon-RS, terá a mediação do economista MÁRIO DE LIMA (Doutor em Economia, presidente do Corecon-RS) e participação do economista FELIPE GARCIA (Professor da UFPel e vice-presidente do Corecon-RS).

Transmissão simultânea Facebook e YouTube

 

Currículos

André Nunes de Nunes

Graduado em Economia pela Universidade Federal do RS (UFRGS), Doutor em Economia Aplicada pela UFRGS. Atualmente é Economista-chefe da Federação das Indústrias do Estado do RS (Fiergs) e Coordenador do Comitê de Investimentos da Sociedade de Previdência Privada do RS (InduspreviRS). Economista do Ano 2020.

Antônio da Luz
Graduado em Economia pela UFRGS, Mestre em Economia (UFRGS) e Doutor em Economia do Desenvolvimento pela PUC-RS, e pós-graduado em Master Business Economics e também Derivativos Financeiros. Atua como Economista-Chefe do Sistema Farsul e professor Titular das disciplinas de Comercialização e Microeconomia em cursos de Pós-Graduação (Especialização e MBA) na ESPM. Atuou como economista da Agenda 2020 e como Corretor de Bolsa de Valores Mobiliários. É um dos 89 economistas brasileiros e estrangeiros que são consultados pelo Banco Central para elaboração do Relatório Focus, com as expectativas de mercado para PIB, Inflação, Juros, Câmbio, etc. Economista do Ano 2017. Ex-conselheiro do Corecon-RS.

Patrícia Palermo

Graduada em Economia, com láurea acadêmica, pela UFRGS. Mestre e doutora em economia aplicada pela UFRGS. Foi duas vezes prêmio "Jovem Pesquisador UFRGS/CNPq" na área de sociais aplicadas. É uma das autoras do livro “A crise econômica internacional e os impactos no Rio Grande do Sul”, primeira publicação em língua portuguesa a estimar os impactos da crise financeira internacional 2008/2009 e do livro “O Rio Grande tem Saída?”, publicado em 2014. É professora da ESPM Sul desde 2004, onde leciona nos cursos de Graduação em Administração e Relações Internacionais, da Faculdades São Francisco de Assis nos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Administração, Direito e Contabilidade e da Pós-Graduação em Administração da UniRitter. Professora da Perestroika Porto Alegre, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo. Foi economista da equipe que elaborou a Agenda 2020. É Economista-Chefe do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac.

Darcy Francisco Carvalho dos Santos
Bacharel em Ciências Econômicas e em Ciências Contábeis pela UFRGS, com curso de Especialização em Integração Econômica e Comércio Internacional pela PUCRS. Trabalhou em diversas empresas privadas e foi auditor externo do Tribunal de Contas do Estado e auditor de finanças públicas da Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul, ambos com ingresso através de concurso público. Exerceu cargos de coordenação e diretoria na administração estadual, e foi contemplado em três oportunidades com o Prêmio do Tesouro Nacional tratando de temas variados. Foi ainda autor e co-autor de cinco livros na área de Finanças Públicas (Noções Básicas de Orçamento e Finanças Públicas para Municípios, A crise das finanças estaduais - causas e alternativas, Finanças estaduais: verdades e mitos, Previdência social no Brasil: 1923-2009, e O Rio Grande tem saída?), e coordenador do grupo em Finanças Públicas estaduais da Agenda 2020. Conselheiro do Corecon-RS.

Mário de Lima
Economista, com doutorado em Economia pela PUCRS. Atua nas áreas de políticas públicas, finanças públicas, gestão pública, planejamento e desenvolvimento regional, urbano e metropolitano, com experiências em diversos órgãos e conselhos da administração pública brasileira. É professor universitário de graduação e pós-graduação há mais de oito anos. Como economista, atua como assessor na Secretaria Municipal da Fazenda de Porto Alegre/RS e é presidente da delegação de Controle do Departamento Municipal de Água e Esgoto de Porto Alegre (DMAE). Presidente do Corecon-RS.

Felipe Garcia Ribeiro

Possui doutorado em Economia pela Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas, é Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq e foi Secretário Adjunto e Assessor Especial de Política Econômica no Ministério da Economia. Também foi consultor do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e Pesquisador Visitante do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). É professor adjunto da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e líder do grupo de pesquisa Avaliação de Políticas Públicas e Programas Sociais da Universidade.

Abertas inscrições para mais uma edição do “Desafio Quero Ser Economista”

- O jogo é dirigido a estudantes do Ensino Médio de todo o País -

Encontram-se abertas as inscrições para a sexta edição do “Desafio Quero Ser Economista”. Promovido pelo Conselho Federal de Economia (Cofecon), em parceria com os Corecons, o jogo é dirigido a estudantes de Ensino Médio de todo o País e tem como objetivo apresentar a área de Economia e informar sobre o mercado de trabalho dos profissionais economistas, com o intuito de ajudar na escolha da futura profissão. Os três primeiros colocados ganharão, R$ 2.000,00, R$ 1.500,00 e R$ 1.000,00, respectivamente.

Durante o jogo, você responde a enigmas, assiste a vídeos interativos e é desafiado a cumprir diversas missões, tudo de uma forma muito divertida, simples e dinâmica. Assim, você tem a oportunidade de conhecer melhor as escolas de pensamento econômico, os economistas históricos e diversos conceitos básicos da Economia. Nessa competição todos se divertem e ganham conhecimento, mas além de aprender sobre a área, você também concorre Brasil participaram do jogo e puderam conhecer um pouco mais sobre a área da Economia.a ótimos prêmios.

O Desafio Quero Ser Economista acontece a partir do dia 3 de maio neste site. É necessário fazer o login para acessar a área de jogo. Os desafios são acessíveis apenas aos participantes inscritos. Para quaisquer dúvidas, entre em contato pela página www.facebook.com/querosereconomista, pelo nosso perfil no Instagram (@querosereconomista_) ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

A página do Facebook e o perfil no Instagram, do Cofecon, servem de apoio ao jogo durante toda a competição. Por lá são divulgadas as palavras-chave respectivas a cada #DESAFIO.

A primeira fase da competição tem a duração de três semanas. O jogo acontece de segunda a sexta, com um #DESAFIO por dia.

Para obter todas as informações sobre o jogo, acesse  http://www.desafioquerosereconomista.org.br/desafio

Corecon-RS visita Procuradoria Geral do Município de Pelotas

O economista perito Giovani Mota Moreira, membro do Conselho Consultivo da Comissão de Auditoria, Avaliação e Perícia Econômico-Financeira (Caape), representou o Corecon-RS, durante visita, na tarde de terça-feira, dia 13, ao Procurador-Geral do Município de Pelotas, Dr. Eduardo Schein Trindade. Moreira oficializou a entrega do Ofício nº 117/2021, assinado pelo presidente do Corecon-RS, economista Mário de Lima, que apresenta informações sobre a profissão dos economistas, em especial dos peritos, colocando a Entidade à disposição para auxiliar nas ações de nomeação ou contratação de profissionais.

Na oportunidade, o Procurador Eduardo Trindade esclareceu que, no corpo funcional da PGM estão lotados servidores de carreira e em Cargos em Comissão, que exercem com maestria a defesa dos interesses do Município, destacando, ainda, os casos de dois economistas que “vêm prestando relevantes serviços a partir da correta interpretação das decisões judiciais e da exatidão dos cálculos”.

A visita foi a primeira de uma série de outras, previstas a órgãos públicos pelo economista perito Gustavo da Cunha Raupp, conselheiro e coordenador do Caape, do Corecon-RS.

LIVE: "Economia brasileira, a hora da retomada?”, com os economistas Cícero Bezerra Júnior, Giovana Menegotto, Luiz Alberto Machado, Marcos Antônio Moreira Calheiros, Mário de Lima e Paulo Ponzini


Os economistas CÍCERO BEZERRA JÚNIOR (Conselheiro Cofecon), GIOVANA MENEGOTTO (Sistema Fecomércio/RS, conselheira Corecon-RS), LUIZ ALBERTO MACHADO (Sócio-Diretor SAM Consultoria, ex-presidente Corecon-SP), MARCOS ANTÔNIO MOREIRA CALHEIROS (Membro CDE-AL, presidente Corecon-AL/Sindecon-AL) e PAULO SALVATORE PONZINI (Presidente Corecon-MS) participam de live, na próxima quinta-feira, dia 15 de abril, às 19 horas. Abordarão o tema “Economia brasileira, a hora da retomada?”. O moderador será o economista MÁRIO DE LIMA (Professor, Assessor SFMPA, presidente do Corecon-RS).

Transmissão
www.facebook.com/coreconrs
https://www.youtube.com/c/CoreconRS2020

 

Currículo

Cícero Ivo Moura Bezerra Júnior

Economista, pós-graduação MBA em Gestão Pública. Foi Coordenador Técnico de Planejamento na Secretaria de Estado e Gestão Estratégica do Estado de Roraima e economista efetivo do Instituto de Terras e Colonização de Roraima. Ex-analista chefe de Controle Interno do Instituto de Terras e Colonização do Estado de Roraima (Iteraima), ex-gerente de Controle Orçamentário da Secretaria de Estado da Saúde de Roraima (Sesau/RR), ex-diretor do Departamento de Auditoria do SUS da SESAU/RR, e ex-presidente do Corecon-RR. É conselheiro Federal Suplente.

Luiz Alberto Machado

Economista graduado pela Mackenzie, Mestre em Criatividade e Inovação pela Universidade Fernando Pessoa (Portugal). Sócio-diretor da SAM – Consultoria e Produções Artísticas. Assessor econômico da Fundação Espaço Democrático. Conselheiro da Fundação Educacional Inaciana (FEI) e do Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial. Foi presidente do Corecon-SP e do Cofecon.

Marcos Antônio Moreira Calheiros

Graduado em Ciências Econômicas e em Direito. Pós graduação em análise e acompanhamento de projetos industriais (BNB/Abde), pós-graduação em Marketing (Universidade de Évora), Mestrado em Planejamento estratégico e Marketing (Universidade de Évora). Foi Economista da Companhia de Desenvolvimento de Alagoas, Diretor-Superintendente da Companhia de Desenvolvimento de Alagoas, do Agropecuário de Alagoas, Chefe da Procuradoria Jurídica do Instituto de Terras de Alagoas, Diretor-Secretário da Fundação do Hospital do açúcar e do álcool de Alagoas, Secretário Adjunto de Gestão e Planejamento Estadual, Superintendente de Patrimônio do Estado e professor e Coordenador do Curso de Economia do Centro Universitário Cesmac. Foi vice-presidente da Fenecon, conselheiro do Cofecon e Vogal da Junta Comercial. Atualmente é professor de Introdução ao Direito no Cefal, membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico do Estado de Alagoas, presidente do Corecon-AL e presidente do Sindecon-AL.

 Giovana Menegotto

Mestre em Economia Aplicada pela UFRGS e doutoranda no mesmo programa. Possui graduação em Ciências Econômicas (UFRGS). Economista da Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do RS (Fecomércio-RS) e conselheira do Corecon-RS.

Mário de Lima

Economista, com doutorado em Economia pela PUCRS. Atua nas áreas de políticas públicas, finanças públicas, gestão pública, planejamento e desenvolvimento regional, urbano e metropolitano, com experiências em diversos órgãos e conselhos da administração pública brasileira. É professor universitário de graduação e pós-graduação há mais de oito anos. Como economista, atua como assessor na Secretaria Municipal da Fazenda de Porto Alegre/RS e é presidente da delegação de Controle do Departamento Municipal de Água e Esgoto de Porto Alegre (DMAE). Presidente do Corecon-RS.

Paulo Salvatore Ponzini

Economista, Conselheiro Presidente do Corecon-MS. CEO da Milênio Consultoria, CEO da Líder Solidário. Ex-Diretor-Presidente da Agência de Desenvolvimento de MS e Secretário Adjunto da Secretaria de Estado de Turismo, Indústria e Comércio de MS.

Corecon-DF oferece curso gratuito de Avaliação de Impacto Regulatório para economistas

O Conselho Regional de Economia do Distrito Federal (Corecon-DF) oferece curso gratuito para economistas de Avaliação de Impacto Regulatório. Através do Curso, que terá início em 19 de abril próximo, com um total de 27 horas/aula, o aluno será capaz de utilizar metodologias para edição e alteração de atos de interesse geral de agentes econômicos ou de usuários dos serviços. 

As aulas serão ministradas pelo professor José Luiz Pagnussat.

Serão abordados conceitos e princípios de boa regulação e a Lei da liberdade econômica; Conceitos, metodologias e ferramentas de análise de impacto regulatório – AIR; Regulamento da AIR (Decreto nº 10.411, de 30/06/2020) Etapas da AIR. Fase 1 da AIR: Análise do problema público regulatório, descritores e evidências do problema, causas e consequências; análise dos atores afetados; definição dos objetivos desejados. Fase 2 da AIR: mapeamento e análise das alternativas de ação; análise dos impactos das alternativas: análise de custos, custo de oportunidade, custo benefício e análise de risco; identificação da melhor alternativa. Fase 3 da AIR: Estratégia de implementação, monitoramento e fiscalização da alternativa sugerida. O curso dará ênfase na problematização (Fase 1)

Saiba mais: https://corecondf.org.br/corecon-df-oferece-curso-gratuito-de-avaliacao-de-impacto-regulatorio-para-economistas/

Abertas inscrições para o XXVII Prêmio Brasil de Economia

 

Encontram-se abertas as inscrições para o XXVII Prêmio Brasil de Economia, promovido pelo Conselho Federal de Economia (Cofecon). O Prêmio aclamará os melhores trabalhos nas categorias Livro de Economia, Artigo Técnico ou Artigo Científico, Artigo Temático e Monografia ou Trabalho de Conclusão de Curso de Graduação em Ciências Econômicas. A iniciativa tem por objetivo incentivar a investigação econômica em geral e estimular economistas e estudantes de Economia a desenvolverem pesquisas voltadas para o conhecimento da realidade brasileira.

Maiores informações no site www.pbe.cofecon.org.br

Morre Robert Mundell, Nobel de economia e ‘pai intelectual’ do euro

 

O Site Valor Investe noticiou, no final da tarde da última segunda-feira, dia 5, a morte de Robert Mundell, Nobel de economia e "pai intelectual" do euro. Ele faleceu de causas naturais, aos 88 anos, em sua casa na província de Siena, na Itália.

Mundell foi consultor de várias agências e organizações internacionais, incluindo ONU, FMI, Banco Mundial, Comissão Europeia e vários governos da América Latina e da Europa, além do Federal Reserve Board, o Tesouro dos EUA e o governo do Canadá. Em 1970, foi consultor do Comitê Monetário da Comissão Econômica Europeia e, em 1972-73, membro do seu Grupo de Estudos sobre a União Econômica e Monetária na Europa. Autor de inúmeras obras e artigos sobre teoria econômica da economia internacional, ele preparou um dos primeiros planos para uma moeda comum na Europa e é conhecido como o pai da teoria das áreas monetárias ótimas. Mundell foi um pioneiro da teoria da combinação de políticas monetárias e fiscais, a teoria da inflação, juros e crescimento, a abordagem monetária do balanço de pagamentos e o cofundador da economia “do lado da oferta”. Ele também escreveu extensivamente sobre a história do sistema monetário internacional. Em 1999, venceu o Nobel por sua “análise da política fiscal e monetária na presença de diferentes regimes de taxas de câmbio e por sua análise de áreas monetárias ótimas”.

(Fonte: ValorInveste / Foto: Diário do Distrito)

Robert Mundell esteve em Porto Alegre, em abril de 2000, para uma palestra no Hotel Plaza São Rafael, dentro de evento promovido pela Fundação Getúlio Vargas, "Mercosul - O Desafio de Uma União Monetária". Na oportunidade, ele veio ao Rio Grande do Sul a convite do professor Ernani Hickmann, da FGV, seu amigo pessoal. 

Corecon-RS e Unisinos prorrogam convênio que prevê descontos para registrados do Conselho

O Corecon-RS e a Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) assinaram Termo de Cooperação Técnica, que prorroga a validade de convênio existente desde abril de 2019, que prevê descontos em cursos de graduação e pós-graduação aos registrados do Conselho. O convênio prevê, ainda, a articulação de ações conjuntas na área de ensino, extensão, pesquisas, palestras e eventos vinculados à área da profissão dos economistas.

O Termo foi assinado no dia 31 de março último, pelo presidente do Corecon-RS, economista Mário de Lima, e o pró-Reitor Acadêmico e de Relações Internacionais da Unisinos, professor Alsones Balestrin, e pela gerente de Comercialização da Universidade, Juliana Ballin Suzin.

Mário de Lima lembra que a prorrogação do convênio permitirá que os economistas possam realizar seus mestrados e doutorados a um custo bem mais baixo, previsto pelo convênio. "A iniciativa vem ao encontro da nova política do Corecon-RS de valorização das parcerias com instituições de pesquisa e de ensino, que têm como foco a qualificação dos profissionais da Economia e o fortalecimento do mercado de trabalho", afirmou.

Para maiores informações, acesse http://www.coreconrs.org.br/convenios.html

Gustavo de Moraes Ministrará aula inaugural da FURG

O professor e economista Gustavo Inácio de Moraes, da Escola de Negócios da PUCRS, ministrará a aula inaugural do Programa de Pós-Graduação em Economia, da Universidade Federal de Rio Grande (FURG), nesta quarta-feira, dia 5, às 19h30min. Falará sobre "Desemprego nos Centros Urbanos Brasileiros: Teoria e o Pós Pandemia". A aula será transmitida pelo google meet.

Professor doutor da Pontifícia Universidade Católica do RS (PUCRS), é professor da Escola de Negócios da Universidade. Doutor em Economia Aplicada pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo (Esalq-USP), mestre em Desenvolvimento Econômico pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e bacharel em economia pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP). Foi economista no Banco Inter American Express e Economista do Ano Corecon-RS 2018.

Página 1 de 82