“Acabou a crise econômica?” é o tema do Economia em Pauta

 

- Economista Marcelo Portugal e jornalista Patrícia Comunello -

“Acabou a Crise Econômica?” é o tema da próxima edição do Economia em Pauta, que acontecerá nesta terça-feira, dia 26, às 18h30min, no Hotel Plaza São Rafael (Av. Alberto Bins, 514). Numa promoção do Corecon-RS, o evento terá como palestrante o economista Marcelo Portugal (Professor titular do Departamento de Economia da UFRGS, pesquisador do CNPq e doutor em Economia pela University of Warwick), e a participação da jornalista Patrícia Comunello (Jornal do Comércio).

Será fornecido um certificado de 2 horas complementares aos estudantes que participarem do evento.

No final do evento, será servido um coquetel aos presentes, com a cortesia da Água Mineral Sarandi e Hotel Plaza São Rafael.

Entrada gratuita!

Informações e reservas pelo fone (51) 3254.2608 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..



Cofecon capacita economistas em Perícia e Assistência Técnica Econômico-Financeira


“Vocês estão ingressando em uma área de atuação que tem um mercado muito bom, muito bom mesmo”. Foi assim que o conselheiro federal e coordenador do Grupo de Trabalho Perícia Econômico-Financeira, Sérgio Guimarães Hardy, recebeu os alunos da primeira edição do Curso de Perícia e Assistência Técnica Econômico-Financeira. A capacitação é promovida pelo Conselho Federal de Economia, com o apoio do Conselho Regional de Economia do Paraná (Corecon-PR) e do Conselho Regional de Economia do Distrito Federal (Corecon-DF). A primeira aula foi ministrada no dia 21 de setembro, na sede do Cofecon.

Ao todo, 37 economistas se inscreveram para participar da capacitação, dividida em 4 módulos: I) Apresentação geral do curso; Planilhas Periciais, Links Úteis e Cadastramento; Excel e Matemática Financeira; Aspectos Gerais da Perícia na Justiça; e o Trabalho do Perito e Assistente Técnico Econômico-financeiro (21 a 23 de setembro de 2017); II) Processo e Cálculos Cíveis, Empresariais e Contratos Bancários (28 a 30 de setembro); III) Processo e Cálculo Trabalhista (5 a 7 de outubro); IV) Finanças em Perícia Econômico-Financeira – Avaliação de Empresas (19 a 21 de outubro).

No primeiro dia de curso, Sérgio Hardy apresentou o conteúdo a ser abordado ao longo de toda a qualificação e falou sobre o mercado de trabalho para os profissionais que atuam na área de perícia. “O conteúdo foi pensado com o objetivo de que os participantes tenham uma boa base para começar o trabalho”, destacou. O conselheiro federal também apresentou o Cadastro Nacional de Peritos em Economia e Finanças (CNPEF), lançado pelo Cofecon por meio de Resolução nº 1.951 do Cofecon, de 11 de abril de 2016. “O CNPEF funciona como um banco de dados, em que o Judiciário pode acessar informações sobre economistas qualificados em perícia de Economia e Finanças. Os profissionais que estiverem em situação de regularidade nos Conselhos Regionais de Economia podem se inscrever”, explicou Hardy. Em seguida, o economista e advogado Ademar Rogério Heylmann apresentou o conteúdo restante.

Sobre a atuação de economistas em perícia econômico-financeira

O novo Código de Processo Civil Brasileiro, que entrou em vigor em 2016, estabelece que os Tribunais da Justiça Estadual devem ter acesso aos conselhos de classe para a convocação de peritos. O Judiciário é auxiliado por esses profissionais quando as provas do fato de determinada causa dependem de conhecimentos específicos. O economista que atua nessa área é responsável por elaborar um trabalho técnico-científico para analisar, sugerir e dar valor às possíveis causas que geraram problemas de ordem econômico-financeira. O profissional pode atuar como perito do juízo ou assistir uma das partes envolvidas nas áreas que fazem parte do campo profissional do economista, incluindo os âmbitos trabalhista, ambiental, comercial, recuperação de empresas, atuarial, previdenciário, familiar, contratual, de indenizações, tributário, habitacional, financeiro e todas as demais áreas do Direito.

Corecon-RS na formatura da UFSM/Palmeira das Missões

A economista Marlene Kohler Dal Ri representará o Corecon-RS na solenidade de colação de grau dos estudantes de Ciências Econômicas da UFSM/Campus Palmeira das Missões. O evento acontece às 19 horas, no Centro Cultural do Campus, na Rua: General Osório, 850, na cidade de Palmeira das Missões.  

unipampaO delegado do Corecon-RS na cidade de Pelotas, economista Castelar Braz Garcia, esteve em Santana do Livramento, no sábado, dia 2 de setembro. Representou a Entidade durante a cerimônia de colação de grau do Curso de Ciências Econômicas da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), ocorrida no ginásio da Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB).

O delegado regional do Corecon-RS em Caxias do Sul, economista Milton Biazus, e o presidente da Associação dos Economistas da Serra Gaúcha (Ecoserra), economista Carlos Wanderlei Reis da Silva, representaram o Conselho na solenidade de formatura do Curso de Ciências Econômicas da Universidade de Caxias do Sul (UCS), ocorrida no dia 1º de setembro último, no Teatro da Universidade.

caxias1No dia 25 de agosto, o vice-presidente do Corecon-RS, economista Rogério Tolfo, também esteve em Caxias do Sul, representando a Entidade na formatura dos estudantes do Curso de Ciências Econômicas da UCS. No dia 26,  o conselheiro Aristóteles Galvão representou o Conselho na formatura dos estudantes de Ciências Econômicas da Fadergs, que ocorreu no Teatro Bourbon Country, em Porto Alegre.

No dia 16 de setembro, o conselheiro Guilherme Stein representou o Corecon-RS na formatura dos 38 novos bachareis de Ciências Econômicas da Universidade Federal do RS (UFRGS), que aconteceu no Salão de Atos da Universidade.

O Corecon-RS retomou, em julho último, o roteiro de participações nas formaturas dos cursos de Ciências Econômicas das universidades gaúchas. No dia 28, o conselheiro Guilherme Stein acompanhou a solenidade de formatura dos novos bacharéis em Economia da Pontifícia Universidade Católica do RS (PUCRS), que aconteceu no Salão de Atos da Universidade. Na mesma noite, o economista Bernardo Baggio representou a Entidade na formatura dos alunos da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). No sábado, dia 29 de julho, o economista Ezequiel Insaurriaga Megiato esteve em Rio Grande, onde acompanhou a formatura do Curso de Ciências Econômicas da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). A solenidade aconteceu no Cidec Sul, Campus Carreiros.

 

 

 

 

 

 

Prêmio ABDE-BID de Artigos divulga lista de vencedores

O trabalho “Os mercados de títulos verdes nos países em desenvolvimento e o papel do Novo Banco de Desenvolvimento”, de Rafael Antonio Anicio Pereira (USP) e Marcelo Milan (UFRGS), foi agraciado com a primeira colocação, Categoria II Finanças Verdes, do Prêmio ABDE-BID de Artigos 2017. 

A lista dos vencedores foi divulgada pela Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), na última segunda-feira, dia 18. No dia 13 de dezembro será a vez dos ganhadores serem premiados durante o Fórum do Desenvolvimento, que ocorre em Belo Horizonte, que contará com a presença de nomes como o professor de Cambridge, Ha-Joon Chang, e do especialista em cooperativas de crédito e professor da Universidade de Pula, Milford Bateman.

Os vencedores em cada categoria receberão R$ 8 mil, com os segundos colocados sendo agraciados com R$ 4 mil. Os artigos premiados serão publicados em livro, lançado durante o evento.

Em sua quarta edição, o Prêmio ABDE-BID de Artigos contou com três categorias: Desenvolvimento em Debate (I), Finanças Verdes (II), e Sistema OCB (III): Cooperativismo de Crédito e Desenvolvimento. A ideia foi estimular a produção de trabalhos acadêmicos dedicados ao financiamento do desenvolvimento, em especial sobre o Sistema Nacional de Fomento (SNF), levando à reflexão sobre o aprimoramento e a importância do fomento produtivo e sua efetividade no desenvolvimento sustentável. O Prêmio teve, nesta edição, 34 trabalhos inscritos, sendo 17 na Categoria I, 5 trabalhos na Categoria II e 12 na Categoria III.

Confira os nomes dos vencedores e o título dos trabalhos:

Categoria I – Desenvolvimento em Debate

1º colocado: Estrutura produtiva e crescimento: uma análise comparativa de Brasil, Austrália e Canadá, de Larissa Vieira Resende (UFMG/NApq) e João Prates Romero (UFMG/Cedeplar);

2º colocado: Concentração de mercado no sistema financeiro nacional e regulação concorrencial: implicações sobre a eficácia da regulação financeira e o desenvolvimento brasileiro, de Márcio Roberto Moran (USP).

Categoria II – Finanças Verdes

1º colocado: Os mercados de títulos verdes nos países em desenvolvimento e o papel do Novo Banco de Desenvolvimento, de Rafael Antonio Anicio Pereira (USP) e Marcelo Milan (UFRGS);

2º colocado: Expansão pecuária no Brasil e proposição metodológica de cálculo da produtividade em termos de sustentabilidade ambiental, de José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho (IPEA).

Categoria III – Sistema OCB: Cooperativismo de Crédito e Desenvolvimento

1º colocado: Estrutura de diversificação das cooperativas de crédito brasileiras, de Laís Karlina Vieira (IFMG) e Valéria Gama Fully Bressan (UFMG);

2º colocado: Impenhorabilidade das quotas nas sociedades cooperativas de crédito, de Ademir Cristofolini (Schmitt e Cristofolini).

Bitcoin e Blockchain são temas de painel


O Corecon-RS e o Conselho Regional de Administração (CRA), estão apoiando o “II Tech Nights: uma noite de tecnologia e tendências”, que acontece nesta terça-feira, dia 12, às 19h30min, na Avenida Cristóvão Colombo, 545, 3º andar. Esta edição do evento, que enfocara o Bitcoin e a Blockchain, oportunidades e perspectivas de futuro, terá como painelistas Rocelo Lopes (fundador da Coinbr.net), Rudá Pellini (fundador da Wise&Trust), Fabrício Sanfelice (Diretor AtlasProject) e Rodrigo Castilhos (tradutor do livro Mastering Bitcoin).

Maiores informações em:
Link Evento Facebook: https://www.facebook.com/events/1426540504128098/
Link Evento SYMPLA: https://www.sympla.com.br/tech-nights-poa-02__185357
Fone (51) 994707815

FEE lança RS em Números 2017

A Fundação de Economia e Estatística (FEE) promove, no dia 19 de setembro, o lançamento do "RS em Números 2017".

Trata-se de publicação anual bilíngue, que apresenta uma série de indicadores sobre o Rio Grande do Sul, com o intuito de contribuir para a ampliação e disseminação de informações sobre a realidade do estado.

O evento será realizado às 10 horas, no Auditório do Museu de Arte do RS (Margs), na Praça da Alfândega, em Porto Alegre.

Corecon-RS no 22º Congresso de Economia

 

O presidente do Corecon-RS, Clovis Meurer, o vice-presidente, Rogério Tolfo, e o conselheiro federal, Henri Bejzman, participaram do 22º Congresso Brasileiro de Economia (CBE), que encerrou na última sexta-feira, dia 8, em Belo Horizonte. Numa promoção do Cofecon e do Corecon-MG, o evento teve como tema central o “Desenvolvimento Econômico, Justiça Social e Democracia: Bases para um Brasil Contemporâneo” e contou com a participação de renomados economistas, brasileiros e de fora do país, autoridades governamentais, estudantes e representantes dos principais segmentos da economia e da sociedade civil. O Congresso contou com 24 mesas e cerca de 90 palestrantes, além de palestras magnas, atividades culturais, premiações e homenagens.

Gaúchos recebem Prêmio Brasil de Economia


O artigo "Padrões de crescimento e desenvolvimentismo”, de autoria do ex-presidente do Corecon-RS e professor da UFRGS, economista Fernando Ferrari Filho, e do economista carioca Luiz Fernando de Paula, do Rio de Janeiro, foi agraciado com o 1° lugar no XXIII Prêmio Brasil de Economia (PBE), categoria Artigos Técnicos e Científicos. A economista gaúcha Tatiana Silva Fontoura de Barcellos conquistou o 3º lugar, na categoria Dissertação de Mestrado, com o trabalho “Ensaios sobre a Regulação dos Bancos de Dados Utilizados para a Análise de Crédito: Uma Abordagem da Law And Economics”. Também, a economista Ingrid Rafaele Rodrigues Leira, da Unisinos, foi classificada em 3º lugar, na Categoria Monografia de Graduação, com o trabalho “A Racionalidade na Tomada de Decisão: um experimento para avaliar o efeito de cenários econômicos na decisão dos eleitores em uma eleição presidencial”.

Os primeiros colocados nas categorias monografias de graduação, dissertações de mestrado, teses de doutorado, artigos técnicos/científicos e livros de Economia serão premiados durante o XXII Congresso Brasileiro de Economia, a ser realizado de 06 a 08 de setembro de 2017 em Belo Horizonte, Minas Gerais.

O objetivo do Prêmio Brasil de Economia, organizado pelo Cofecon, é estimular a reflexão crítica sobre a Economia como ramo de conhecimento, primando por seu caráter aplicado, especialmente nas questões ligadas a aspectos econômicos, sociais e regionais da sociedade brasileira e a sua inter-relação com o exercício da profissão de economista.

Conheça a relação completa dos premiados do XXIII PBE

Já disponível nova edição da Revista Economistas

O Cofecon está disponibilizando a edição de nº 25 da Revista Economistas, que apresenta, como destaque, o tema ““XXII Congresso Brasileiro de Economia. Desenvolvimento econômico, justiça social e democracia: bases para um Brasil contemporâneo”. A Revista apresenta os artigos “Sistemas financeiros, governança financeira e desenvolvimento econômico”, de autoria da economista Jan Kregel, com tradução do Econ. Pedro Garrido; “ América del Sur en un impasse”, do economista Roberto Frenkel; “ Teorias de Ricardo sobre a distribuição da renda nacional e os efeitos da ‘substituição do trabalho humano por maquinaria’”, do economista Luiz Antônio Macedo; “ Recessão, impacto social e consequências para a política no Brasil atual”, de autoria do economista Márcio Pochmann; “ O crescimento, a política econômica e a reforma tributária”, do economista Fabrício Augusto; “ Para onde vai a economia brasileira?”, do economista Roberto Castello Branco; “Brasil, roteiro para principiantes”, de Luis Paulo Rosenberg e Econ. Leonardo França Costa; “Uma proposição de política macroeconômica para a economia brasileira”, do economista Fernando Ferrari Filho; “Uma Previdência Social para poucos!, de autoria da economista Rosa Maria Marques.

A publicação contém, ainda, os documentos “Nota do Cofecon ao Congresso Nacional – a importância da regulamentação das compensações aos estados pelas perdas com a Lei Kandir” e “Nota do Cofecon sobre a Política Industrial e de Inovação”; além de diversas reportagens, além de conteúdos da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Ciências Econômicas (ANGE) e Federação Nacional dos Estudantes de Economia (Feneco) e a seção Novos Livros.

A edição nº 25, da Revista Economistas, pode ser acessada pelo link http://www.cofecon.gov.br/revista-digital/

Cofecon escolhe melhores resenhas

 

O Cofecon já divulgou os vencedores do Concurso de Resenhas sobre os livros “Princípios de Economia Política”, de David Ricardo, e “O Capital – Livro I”, de Karl Marx. Os vencedores foram o estudante Danne Vieira Silva, do Curso de Ciências Econômicas da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), e Pedro Rubin Costa, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Eles receberão menção honrosa durante o 22º Congresso Brasileiro de Economia (CBE), que ocorre de 6 a 8 de setembro em Belo Horizonte.

O concurso é uma iniciativa do Cofecon, em parceria com a Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Ciências Econômicas (ANGE), e tem como objetivo homenagear os 200 anos da obra de David Ricardo e os 150 anos do livro de Karl Marx. Além disso, a iniciativa busca incentivar a pesquisa científica e estimular a elaboração de trabalhos sobre as obras mencionadas.

 

Pagina 1 de 26