Planejamento sucessório e patrimonial foi tema de live promovida pelo Corecon

Em parceria com a Resultato - Escola de Gestão para Escritórios de Advocacia, o Corecon-RS realçizou, na noite da última terça-feira, dia 28, a live "Planejamento Sucessório e Patrimonial".  Participaram as professoras e advogadas Ana Claudia Redecker, Fernanda Rabello e Renata Von Mühlen, sob a mediação da economista e advogada Marisa Golin da Cunha.

As profissionais falaram sobre a importância da realização do planejamento sucessório e patrimonial e debateram os tabus que ainda, nos dias atuais, persistem em torno do assunto. Discutiram os regimes de bens e os impactos no processo sucessório, e os diferentes perfis familiares e empresariais e a importância de buscarem alternativas aos processos tradicionais, normalmente geradores de conflitos futuros entre os herdeiros.   

A live foi transmitida pelo canal do Corecon-RS no Youtube. 

Clique AQUI para acessar a íntegra da Live

Dieese-RS abre processo de seleção para Economista

O Escritório Regional do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos, do RS, (Dieese-RS) está selecionando candicados economistas para uma vaga de Técnico Nível II. Veja, abaixo, as especificações.

SELEÇÃO EXTERNA 004/2023
TÉCNICO II
O Escritório Regional do DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos
Socioeconômicos em Porto Alegre/RS está selecionando para uma vaga de Técnico Nível II.
1. JORNADA: 30 horas semanais.
2. FORMA DE CONTRATAÇÃO: CLT – Prazo indeterminado com 90 dias de experiência.
3. LOCAL DE TRABALHO: Porto Alegre/RS.
4. INÍCIO: imediato.
5. ETAPAS DO PROCESSO DE SELEÇÃO:
 Inscrição, análise e seleção de currículo;
 Prova específica sobre economia; conjuntura econômica; bases de dados; análise de
empresas e setores; análise do mercado de trabalho; movimento sindical;
 Para os (as) aprovados (as) na prova, entrevista de seleção; e
 Para o (a) selecionado (a), entrevista de contratação.
6. REQUISITOS:
 Residir em Porto Alegre ou região;
 Possuir formação há pelo menos 2 (dois) anos na área de economia, com ênfase em
políticas de desenvolvimento econômico. Áreas correlatas de grande importância:
macroeconomia, economia regional, sociologia do trabalho e ciências políticas;
 Domínio de recursos de informática atualizados como planilhas eletrônicas (avançado -
construção de fórmulas, tabelas, gráficos, planilhas dinâmicas) editores de texto e
pesquisas pela Internet;
 Boa redação e habilidade na elaboração de relatórios e estudos;
 Desejável noção em economia monetária, finanças e análise de balanço de bancos;
 Desejável experiência em mesa de negociação;
 Conhecimento de fontes de dados e pesquisas sobre atividade econômica, mercado de
trabalho no Brasil e negociações coletivas;
 Desejável conhecimento de segundo idioma.
(edital disponível no nosso sítio http://www.dieese.org.br)
7. PRINCIPAIS ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS:
 Levantamento de informações, dados e produção de indicadores;
 Elaboração ou revisão de estudos, análises, boletins de indicadores, relatórios, artigos
para publicação, apresentações e bancos de dados sobre temas relativos ao mundo do
trabalho, economia e finanças;
 Preparação metodológica, temática e realização de palestras e coordenação de reuniões
seminários e outras atividades organizadas pelo sindicato;
 Participar na elaboração de normas e procedimentos técnicos, propondo mudanças;
 Assessoria a dirigentes sindicais em processos negociais e em processos decisórios;
 Atender os meios de comunicação sobre temas relacionados ao seu âmbito de atuação
e ao objeto de trabalho da instituição;
 Participação em estudos e pesquisas sobre as temáticas tratadas pelo DIEESE.
8. REMUNERAÇÃO E BENEFÍCIOS:
 Salário base: R$ 4.914,24;
 Auxílio Alimentação R$ 100,00 (líquido)
 Vale transporte;
 Plano de saúde subsidiado;
 Seguro de vida;
 Auxílio creche para filhos menores de 7 (sete) anos.
9. INSCRIÇÕES:
 Cadastrar currículo no site do DIEESE até o dia 03/04/2023 para a vaga Técnico II – ER
RS;
 Os currículos devem indicar telefone, endereço e e-mail para contato;
 Haverá prioridade na seleção para pessoas com deficiências enquadradas na Lei nº
8.213/1991. Solicitamos que essa informação seja mencionada em apresentação
pessoal;
 Esta seleção terá validade de um ano a partir da publicação deste edital;

Clique AQUI para acessar o Edital

 Clique aqui para se inscrever na vaga: www.dieese.org.br

Edição 2023 do PBE distribuirá 18 mil reais em prêmios

Está se aproximando a data de mais uma edição do Prêmio Brasil de Economia, a principal premiação voltada para profissionais e estudantes das Ciências Econômicas do País, com início das inscrições marcadas para o dia 23 de abril. Numa promoção do Cofecon, esta edição distribuirá premiações no valor de R$ 18 mil e contemplará as seguintes categorias: Artigo Técnico/Científico, Livro de Economia, Monografia de Graduação e Artigo Temático: O Regime de Metas de Inflação e a Autonomia do Banco Central.

Podem participar do XXVII Prêmio Brasil de Economia (PBE 2022) economistas devidamente registrados e adimplentes no Conselho Regional de Economia (Corecon) de sua região. Apenas os trabalhos inscritos nas categorias Livro e Artigo Técnico ou Científico poderão ter mais de um autor, sendo que todos eles devem ser economistas devidamente registrados e adimplentes no Corecon de sua região. Não serão aceitas inscrições de mais de um trabalho pelo mesmo autor, mesmo que em categorias distintas. Na categoria Livro só poderão concorrer obras publicadas no ano anterior à concessão do prêmio ou no ano do concurso, desde que publicadas até a data em que foram inscritas no PBE. Os livros devem, necessariamente, possuir registro ISBN - International Standard Book Number.

As Monografias de Graduação devem ser inscritas exclusivamente pelos Corecons. As inscrições nas demais categorias do PBE 2022 podem ser realizadas diretamente pelos economistas, seja de forma presencial nos Corecons ou nas Delegacias Regionais, ou de forma eletrônica por meio deste site. Para inscrições realizadas de forma eletrônica, os livros e trabalhos devem ser transmitidos pelo campo "Inscrições" presente no menu deste site. O arquivo deve ser enviado no formato PDF e conter apenas o pseudônimo do candidato na parte superior da primeira página do texto. Na categoria Livro é dispensado o anonimato do autor, podendo este se identificar livremente.

O grande objetivo do Prêmio Brasil de Economia é incentivar a investigação econômica em geral e estimular economistas e estudantes de Economia a desenvolverem pesquisas voltadas ao conhecimento sobre a realidade brasileira.

As inscrições não têm custo e podem ser realizadas pelo site www.cofecon.org.br/pbe/

10 Verdades e Mitos sobre fiscalização profissional

1 – Para atuar como economista, é necessário o registro profissional no Corecon. Verdade ou mito?
R: Verdade. A Lei Federal 1.411 estabelece que para atuar como economista é preciso ter formação acadêmica na área de economia e registro no Corecon.

2 – Quem se registra no Corecon tem acesso a benefícios. Verdade ou mito?
R: Verdade. O principal benefício é o de poder exercer legalmente a profissão. Mas, além disso, os profissionais registrados têm benefícios exclusivos, que variam de Estado para Estado, tais como: descontos em cursos de idiomas, treinamento e até em hospedagens.

3 – Quem faz apenas mestrado ou doutorado na área de economia não pode atuar como economista. Verdade ou mito?
R: É uma meia verdade. Profissionais que são graduados em outras áreas, mas que possuem mestrado ou doutorado em economia, podem se registrar no Corecon e exercer legalmente as atividades referentes à sua área de especialização ou à sua linha de pesquisa acadêmica.

4 – A fiscalização é uma atribuição específica dos Corecons e a sociedade não pode ajudar neste sentido. Verdade ou mito?
R: Mito. Qualquer um pode fazer denúncias por meio das ouvidorias dos Corecons. Se você tem conhecimento de alguma situação assim, denuncie e não deixe que a sua profissão seja diminuída.

5- Funcionários públicos graduados em economia e que exercem funções privativas ou inerentes a economistas precisam ter registro no Corecon. Verdade ou mito?
R: Verdade. Veja o que diz o texto da Lei:
x) A atividade profissional do Economista exercita-se em empreendimento público, privado ou mistos, ou por quaisquer outros meios que objetivem, técnica ou cientificamente, o aumento ou a conservação do rendimento econômico (Decreto nº 3.1794/52, art. 3º).

6 – Estudei economia, exerço funções privativas de economistas, mas não assino como economista e por isso não preciso ter registro no Corecon. Verdade ou mito?
R: Mito. O registro profissional e validado não pela a nomenclatura do cargo ou função, mais sim pela atividade desempenhada.

7 – Acabei de me formar. O registro agora é obrigatório e já preciso pagar a minha primeira anuidade – mesmo sem um trabalho na área. Verdade ou mito?
R: Mito. O registro profissional só se torna obrigatório quando a pessoa começa a exercer as atividades voltadas a profissão.

8 – Meu primeiro registro no Corecon pode ser gratuito. Verdade ou mito?
R: Verdade. Entre em contato com o Corecon de seu Estado e informe-se sobre a isenção do primeiro ano de registro, garantindo assim todas as prerrogativas e benefícios dos registrados.

9 – De todas as profissões, apenas os economistas precisam de registro em um Conselho Regional. Verdade ou mito?
R: Grande mito. O registro profissional é obrigatório para o exercício profissional não só do economista. Advogado, médico, relações públicas, contador, administrador, engenheiro, educador físico, nutricionista, entre tantos outros, também precisam de registro em seus respectivos Conselhos. Juntos somamos aproximadamente 10 milhões de profissionais registrados em todo o país.

Fonte: Cofecon.

Inscrições para o 11º Encontro de Economia Gaúcha abrem dia 31

 

As inscrições para o 11º Encontro de Economia Gaúcha abrem na próxima sexta-feira, dia 31 de março. O evento ocorre nos dias 13 e 14 de abril, no Prédio 50, da Pontifícia Universidade Católica do RS (PUCRS) e é uma promoção conjunta do Programa de Pós-Graduação em Economia da PUCRS, Secretaria da Fazenda do Estado do RS (Sefaz) e do Departamento de Economia e Estatística do Estado do Rio Grande do Sul (DEE).

O evento, que é realizado bienalmente desde o ano de 2002, promove e fomenta as reflexões e debates relacionados à economia, congregando pesquisadores e profissionais ligados a universidades, centros e instituições de pesquisa. Os temas serão abordados em uma conferência de abertura e em diversas sessões temáticas, organizadas com base em trabalhos previamente selecionados. O objetivo do Encontro é proporcionar a discussão dos problemas econômicos, sob uma perspectiva metodologicamente pluralista e tematicamente variada.

Clique AQUI para informações 

Inscrições para Desafio Quero Ser Economista abrem em abril

Atenção, estudantes do Ensino Médio, de escolas públicas e privadas de todo o País! As inscrições para o Desafio Quero Ser Economista estarão abertas no próximo mês! 

O Desafio é uma competição realizada totalmente em ambiente virtual para que os estudantes do Ensino Médio, das escolas públicas e privadas de todo o País, conheçam mais sobre a Economia, uma ciência fascinante que estuda o passado e o presente, para melhor compreender o que poderá acontecer no futuro, buscando sempre o bem-estar de todos. 

Além dos conhecimentos adquiridos durante o jogo, os participantes podem ganhar prêmios em dinheiro. 

Saiba mais! Siga a página do Desafio no Instagram (@querosereconomista_ ) e acesse
www.desafioquerosereconomista.org.br

Inscrições para II Prêmio Paul Singer de Boas Práticas Acadêmicas iniciam em abril


Abrem, no dia 3 de abril próximo, as inscrições para mais uma edição do Prêmio Paul Singer de Boas Práticas Acadêmicas, uma iniciativa do Cofecon e do Instituto Paul Singer, que distribuirá prêmios no valor total de R$ 10 mil aos vencedores, com o objetivo de incentivar atividades de economia solidária no formato de projetos de extensão, preferencialmente em incubadoras universitárias. As inscrições encerram-se no dia 31 de agosto.

Categorias

O Prêmio Paul Singer de Boas Práticas Acadêmicas apresenta duas categorias: Implantação de Projetos e Assessoramento de Projetos: Implantação de Projetos, que reconhecerá iniciativas inéditas de Economia Solidária, planejadas, organizadas e empreendidas necessariamente pelos autores inscritos em sua fase inicial, preferencialmente instaladas em incubadoras sociais e de economia solidária; e Assessoramento de Projetos, que contemplará o apoio, por parte dos autores, a projetos já instalados, em fase avançada de implantação de Economia Solidária, podendo ser iniciativas de cooperativas, ONGs, associações e grupos informais.

Como são feitas as inscrições

As inscrições devem ser feitas diretamente na página http://cofecon.org.br/premiopaulsinger/, no período de 3/4/2023 a 31/8/2023. Os trabalhos concorrentes podem ter até 6 (seis) autores, contemplando pelo menos 01(um) ou mais estudantes de Economia devidamente matriculados em um curso de graduação em Ciências Econômicas no Brasil, credenciado pelo MEC, sendo permitida a inscrição de estudantes de faculdades distintas no mesmo grupo.

Premiação

Categoria – Implantação de Projetos:
1º lugar: R$ 4.000,00;
2º lugar: Menção honrosa;
3º lugar: Menção honrosa.

Categoria – Assessoramento de Projetos:
1º lugar: R$ 6.000,00;
2º lugar: Menção honrosa;
3º lugar: Menção honrosa.

A solenidade de entrega da premiação, incluindo as de Menção Honrosa, ocorrerá durante solenidade de posse da Presidência do Cofecon em 2024, em local e data a serem definidos. Importante: as despesas com deslocamento e hospedagem serão custeadas pelo Cofecon exclusivamente aos representantes do 1º lugar de cada categoria.

Como são feitas as inscrições

As inscrições devem ser feitas diretamente na página http://cofecon.org.br/premiopaulsinger/, no período de 3/4/2023 a 31/8/2023.

Acesse AQUI o regulamento completo da premiação.

Clique AQUI para mais informações


Fonte: Cofecon.

Live debaterá planejamento sucessório e patrimonial

O Corecon-RS, em parceria com a Resultato - Escola de Gestão para Escritórios de Advocacia, promove, nesta terça-feira, dia 28, às 19h30min, a live "Planejamento Sucessório e Patrimonial".

Sob a mediação da economista e advogada Marisa Golin da Cunha, participarão a live contará com as presenças das professoras e advogadas Ana Claudia Redecker, Fernanda Rabello e Renata Von Mühlen. 

Assista a live em https://www.youtube.com/@CoreconRS2020

 

 

Corecon-RS nas formaturas de Instituições de Ensino no RS

unisinos formandos300No dia 8 de setembro, a professora e economista Angélica Massuquetti, paraninfa do turma, representou o Corecon-RS na solenidade de colação dos alunos de Economia da Universidade Do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Graduaram-se Adolfo Schons, Adrian Pavoni dos Santos, Brenda Salomão Camargo, Giovâni Fedrizzi Milchareck, Gustavo Kops Espanhol e Letícia Machado de Morais, a qual foi a Aluna Destaque da Turma.

unipampa 400O economista João Carlos Medeiros Madail representou o Corecon-RS na solenidade de diplomação dos novos bacharéis em Ciências Econômicas da Universidade Federal do Pampa - Unipampa, ocorrida no último dia 01 de setembro, no Campus Santana do Livramento, da Universidade, na cidade de Santana do Livramento. Graduaram-se Ana Luza Stringuini Teixeira, Bassel Mohd Khalil Salameh Ahmad, Eluan Leites Marques, Emerson Thierry de Souza Garcia, Kristopher Pinheiro Klava, Jessica Viana Almeida, Roberty Michell Soares Pereira, Thiago Vieira Moreira e Tiana Conceção do Santo. Foi homenageada como Aluna Destaque da Turma, a formanda Jéssica Viana Almeida.

formatura pucrs300

O Conselheiro João Pedro Maffessoni esteve presente representando o Corecon na formatura da PUCRS realizada em 05 de agosto de 2023. junto a formanda Aluna Destaque Camila Haurea Poletto Buffon. Graduaram-se Lucas do Nascimento Agnes, Mariana do Carmo Abreu, Paola Tybusch, Camila Haurea Poletto Buffon, Guilherme do Couto e Silva Freitas, Levin Persuhn Lewis Esswein, Matheus Doria Maia, Pedro Henrique Kovaski Cescani, Regiane Rossetti, Fabricio Pedrazzi Dihl, Leonardo Koehler Karam e Tiago de Melo Fraga.

Também no dia 05 de agosto ocorreu a formatura na UFSM , com Coordenador do curso prof. Anderson Denardin como representante do Conselho. Graduaram-se Andrielle Ely Birck, Leonardo Bastianello Vaz, Eduarda Lopes Porto, Gabriel Silveira Baptista, Felipe Gomes Lopes, Gean Miguel Pens e Natasha Goulart Perira Moraes.

As Alunas Destaque da Turma foram Eduarda Lopes Porto no curso diurno e Andriele Ely Birck no curso noturno.

 

A economista e professora Taize de Andrade Machado Lopes representou o Corecon-RS na solenidade de diplomação dos estudantes de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), ocorrida na última sexta-feira, dia 17 de março, no Centro de Convenções do campus da Universidade, em Santa Maria. Graduaram-se Antonio Carlos Guterres Fidell, Gabriel de Oliveira Rodrigues (Aluno Destaque do Curso Noturno), Gustavo Santos Mamani, Jéferson Delavusca Gonçalves, Josué Ricardo François Walhbrinck, Juliana Favaretto, Lucas Scalcon Barcellos, Luisa Elsner Weber, Vanessa Francine Garcia (Aluna Destaque do Curso Diurno) e Vinicius Ismael Korte. Na foto, a professora Taize Lopes, acompanhada dos colegas professores e dos novos bacharéis em Economia.

 


No sábado, dia 18, o economista e professor Márcio Leandro Kalkmann representou a
 Entidade na formatura dos novos bacharéis em Economia da Faculdade de Horizontina (Fahor), realizada no Centro de Coveniências Antenor Montigny da Silva, em Horizontina. Na oportunidade, graduaram-se Adrieli Perim (Aluna Destaque da Turma), Carla Raquel Reis Herdina, João Gustavo dos Reis, Julia Yasmin Felhauer Kappaun e Juliane Ziegler.

 

formatura unisinos600

Já, o conselheiro Luiz Henrique Zago havia representado a Entidade durante solenidade de colação de grau dos estudantes do curso de Ciências Econômicas da Universidade do Rio dos Sinos (Unisinos), ocorrida na última quinta-feira, dia 16, no campus São Leopoldo. O evento aconteceu no anfiteatro Padre Werner e diplomou Bruno da Roz Magagnin, Dante Neto Costa, Lisiane Chesini, Lucas da Silva Melo, Sofia Junges (aluna destaque acadêmico) e Victor Gabriel Bachaus Stein. Na foto, a professora Angélica Massuquetti, paraninfa da turma, o conselheiro Luiz Henrique Zago, e os novos bacharéis em Economia da Unisinos. 

No dia 11 de março, o economista Perito Edí Cristiano Siqueira participou da solenidade de formatura do curso de Economia da Universidade de Passo Fundo (UPF), realizada no campus da Universidade, na cidade de Passo Fundo. Na oportunidade, a Diretora da Escola de Ciências Agrárias, Inovação e Negócios, economista e professora Cleide Fátima Moretto conduziu a solenidade, que diplomou Bárbara Serro Algeri (Aluna Destaque da Turma), Henrique da Silva Lizot, João Victor Guarese Vieira e Ruan Foppa. Os colegas de turma Adriano Maldaner, Ariel Gregol Fin, Bruno Daniela Carnetti da Silva, Diovane Diogo Bonora, Lucas Bordin e Vinícius Zagonel Pereira se diplomarão em gabinete no dia 15. Na foto, o coordenador do curso, professor Julcemar Bruno Zilli, também paraninfo, o professor homenageado Luiz Fernando Fritz Filho,  e a Diretora da Faculdade, professora Cleide Moretto, acompanhados dos novos bacharéis, recebendo a homenagem do Corecon-RS. 

 

O professor e economista André Carraro, coordenador do Curso de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), representou o Corecon-RS na solenidade de formatura dos alunos de Economia da Universidade, ocorrida no dia 3, sexta-feira, no Auditório da Faculdade de Agronomia, no Campus Capão do Leão. Graduaram-se Carlos Alberto Studzinski da Silva (Aluno Destaque), Fabiana Wulff Fetter, Juliano da Costa da Silva, Luíza Chaves Gastal, Mirela Batista Fernandes, Rafael Ferreira Saller e Willian Krauss Bertissolo.  

 

No dia 4, o economista e professor Nilson Luiz Costa representou o Conselho na solenidade de diplomação dos novos bacharéis em Economia da Universidade Federal de Santa Maria, Campus Palmeira das Missões. Falou como paraninfo da turma e, em nome do Corecon, agradeceu a todos os presentes. Na foto, acompanhado dos colegas professores e com os bacharéis Luís Carlos dos Santos e Íris Lima de Souza, a Aluna Destaque da turma.


 

O coordenador do Curso de Ciências Econômicas da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), o professor e economista Bruno Mendelski de Souza, representou o Corecon-RS na solenidade de diplomação dos novos bacharéis em Economia, realizada no sábado, dia 18, em Santa Cruz do Sul. Na foto, com o Aluno Destaque Vinícius Silveira dos Santos.


 

 

O vice-presidente do Corecon-RS, economista Bruno Lanzer, representou a Entidade na formatura solene dos novos bacharéis em Ciências Econômicas da Universidade de Caxias do Sul (UCS), ocorrida no dia 11, sábado, na cidade de Caxias do Sul.


 

No dia 7, o conselheiro João Pedro Maffessoni também representou o Corecon-RS na solenidade de colação dos alunos de Economia da Universidade Federal do RS (Ufrgs). 

 

 

 

O economista e professor Mosár Leandro Ness representou o Corecon-RS no dia 2 de fevereiro, quinta-feira, durante a solenidade de colação de grau dos novos bacharéis em Ciências Econômicas, da Universidade de Caxias do Sul (UCS). O evento aconteceu no Bloco M do Teatro da UCS, em Caxias do Sul. 

 

 


No dia 21 de janeiro, o presidente do Corecon-RS, Guilherme Stein, já havia representado o Conselho na formatura dos estudantes de Ciências Econômicas da Pontifícia Universidade Católica (PUC-RS), ocorrida no Salão de Atos da Universidade, em Porto Alegre.

 

 

 

Também em janeiro, no  dia 12, o conselheiro Marcelo Ayub Monteiro, representou o Corecon-RS na formatura de gabinete dos estudantes de Ciências Econômicas da Universidade Federal do RS (Ufrgs), solenidade ocorrida no auditório do prédio da FCE, no campus central da Universidade, em Porto Alegre.

 

O acompanhamento do Corecon-RS a todas as formaturas dos Cursos de Ciências Econômicas do RS tem como objetivo estreitar ainda mais as relações com os alunos e com as instituições acadêmicas, levando ao conhecimento dos novos bacharéis e da comunidade acadêmica a importância da Entidade no acompanhamento da trajetória do futuro profissional da Economia.

Encontro de Economia Gaúcha: Prazo para submissão de trabalhos encerra-se dia 24

- Encontro acontece dias 13 e 14 de abril e prazo para submissão de trabalhos encerra dia 24 de março, sexta-feira -

O 11º Encontro de Economia Gaúcha ocorre nos dias 13 e 14 de abril, e o prazo para submissão dos trabalhos já encontra-se aberto. Serão 11 áreas temáticas para envio de resumos expandidos e artigos completos mediante aprovação, para serem discutidos em mesas de debate e pôsteres científicos para apresentação ao público. Na categoria de pôsteres, a PUC informa a preferência por trabalhos de alunos de graduação. A submissão dos trabalhos vai até sexta-feira, 24.

E já anota na agenda: o link de inscrição para todos os públicos será liberado no dia 31/03.

Datas importantes, programação prévia, informações sobre as inscrições e submissão dos trabalhos, você encontra no site do evento, https://www.pucrs.br/eventos/inst/11eeg/!

Clique AQUI para informações e inscrições

Página 4 de 127