Unisinos abre inscrições para Mestrado e Doutorado em Economia

Encontram-se abertas as inscrições para os cursos de Mestrado e Doutorado em Economia da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Com áreas de concentração em Organização Industrial e Economia Internacional, as aulas acontecerão nas sextas-feiras e aos sábados, na Unisinos Campus Porto Alegre.

A partir do estudo aprofundado, o futuro profissional será capaz de integrar a teoria e a prática, sendo possível exercer a docência e a pesquisa acadêmica qualificada, além de integrar o mercado apoiado à análise dos problemas e promoção de soluções para os setores privado e público.

As inscrições encerram-se no dia 18 de novembro.

Para maiores informações, acesse www.unisinos.br/mestrado-e-doutorado/economia/presencial/porto-alegre

Corecon terá estande na Feira do Estudante do CIEE

O Corecon-RS terá um estande na Feira do Estudante, promovida pelo Centro de Integração Empresa-Escola do RS (CIEE-RS), e que acontecerá nos dias 9 e 10 de outubro, das 9 às 17 horas, no Centro de Eventos e Teatro CIEE, localizado na Av. Dom Pedro II, 861. A Feira do Estudante Expo CIEE-RS reunirá especialistas das mais diversas áreas da sociedade para discutirem com estudantes temas como gestão de carreiras, profissões do futuro, protagonismo juvenil, empreendedorismo através da educação e dicas sobre como ingressar no mercado de trabalho.

O presidente do Corecon-RS, economista Rogério Tolfo, explica que a participação do Conselho no evento tem como objetivo oportunizar aos estudantes do ensino médio conhecimentos básicos sobre a profissão de Economista, perfil profissional, atividades que exerce, universo de atuação, futuro da profissão, entre outros temas. “Buscaremos interagir com esse público, que é bem mais jovem, e tem o futuro pela frente, levando-lhes, de uma forma simples e muito didática, noções sobre a profissão do economista, especialmente nesses contexto de transformação do mercado de trabalho”, afirma.

Maiores informações sobre a Feira podem ser adquiridas no site www.cieers.org.br/expocieers.

Corecon terá convênio com Mestrado em Desenvolvimento Regional da Faccat


O presidente do Corecon-RS, economista Rogério Tolfo, e o conselheiro Aristóteles Galvão, receberam, na tarde da última terça-feira, dia 01, na sede da Entidade, a visita do coordenador do Mestrado em Desenvolvimento Regional da Faculdades Integradas de Taquara (Faccat), professor Mário Riedl, e do vice-coordenador, economista e professor Carlos Águedo Paiva. Os professores foram levar ao conhecimento do Conselho as linhas de pesquisa oferecidas pelo Mestrado em Desenvolvimento Regional da Faculdade e propor parcerias com o objetivo de aumentar as relações e trocas de experiências entre as duas instituições. A assinatura do convênio entre a o Corecon-RS e o Mestrado em Desenvolvimento Regional da Faccat, que proporcionará descontos especiais aos economistas gaúchos no Curso, será formalizada nos próximos dias.

 

Convite aos economistas!

 

Prezado(a) Economista:

O Corecon-RS convida a todos os economistas para participarem da solenidade de abertura da Feira do Estudante Expo CIEE-RS, que acontece no dia 9 de outubro (quarta-feira), às 8h30min, no Centro de Eventos e Teatro CIEE Otto Walther Beiser, na Av. Dom Pedro II, 861, em Porto Alegre.

Numa promoção do Centro de Integração Empresa-Escola do RS (CIEE-RS), o evento reunirá, ao longo dos dias 9 e 10, das 9h às 17h, especialistas das mais diversas áreas da sociedade para discutirem temas como gestão de carreiras, profissões do futuro, protagonismo juvenil, empreendedorismo através da educação e dicas sobre como ingressar no mercado de trabalho.

Maiores informações podem ser adquiridas no site www.cieers.org.br/expocieers.

Corecon e IPEJ promovem novo Curso



 O Corecon-RS, em parceria com o Instituto de Perícias e Estudos Jurídicos (IPEJ), está promovendo curso, voltado parainiciantes, sobre Cálculos no Processo Trabalhistas e uso do PJe-Calc, que será realizado nos dias 29, 30 e 31 de outubro (1ª etapa) e 05, 06 e07 de novembro (2ª etapa), no horário das 18 horas às 22 horas,  na sededo IPEJ, na rua Ernesto da Fontoura, 343, bairro São Geraldo, em Porto Alegre. Sob a responsabilidade do economista Evori Veiga de Assis (Corecon-RS Nº 4763), o Curso terá sua primeira etapa ministrada pelo contador Paulo Ricardo R. Abreu (CRC/RS 69.664) e a segunda etapa, pela contadora Luciane da Silva Jesuíno (CRC/RS 93.181). 

Para maiores informações sobre o Curso, acesse aqui

Gisele Spricigo representa Corecon-RS no XXXIV Congresso da Ange

A coordenadora do Curso de Ciências Econômicas da Universidade do Rio dos Sinos (Unisinos), economista Gisele Spricigo, estará participando do XXXIV Congresso Nacional da Associação Nacional de Cursos de Graduação em Ciências Econômicas (Ange), que acontece nos dias 2 a 4 de outubro próximo, na PUC Goiás, na cidade de Goiânia. A professora Gisele participará dos paineis “Alternativas metodológicas para o ensino da economia”, no dia 3, às 9 horas, e "Apresentação de trabalhos e de experiências exitosas no ensino da Economia", no dia 4, às 9 horas. 

giseleA ANGE busca o incentivo à reciclagem de professores e profissionais de Economia, auxiliando a montagem de grades curriculares, publicação de textos didáticos e de orientação acadêmica, e organiza, promove e apoia seminários e encontros locais, estaduais, regionais e nacionais. Realiza, anualmente, um Congresso Nacional em que reúne para o debate sobre ensino de economia coordenadores de curso, professores, alunos e profissionais da economia. Surgiu como resultado do amplo processo de debate nacional sobre a reforma do currículo de Economia, aprovada pela Resolução 11/84 do então Conselho Federal de Educação. Começou a ser organizada por ocasião do I Congresso Brasileiro dos Cursos de Graduação em Economia, realizado em 1985.

Esta edição do Congresso tem como foco central o “Desenvolvimento econômico brasileiro: desafios para os cursos de economia”.

As inscrições podem ser realizadas pelo site www.ange.org.br

Foto: Rodrigo Westermann Blum

Sociedade em Metamorfose é o tema da Semana Acadêmica da Escola de Negócios da PUCRS


Os economistas Prof.Dr. Bruno Breyer Caldas (Secretaria Municipal da Fazenda e professor da PUCRS) e Prof.Dr. Mário Jaime de Lima (Secretaria Municipal da Fazenda e professor da Universidade La Salle) proferem palestra, nesta quarta-feira, dia 25, na Escola de Negócios da PUCRS, dentro da 2ª Semana Acadêmica “Sociedade em Metamorfose”, promovida pela Escola. Falarão, às 19h30min, no Prédio 50, Sala 401, sobre Finanças Públicas de Porto Alegre. Abordarão as finanças do Município ao longo dos últimos anos, enfocando o desempenho da arrecadação e das despesas, comparando-as com a de outras cidades e capitais e explicando as diferentes fontes, a crescente demanda por serviços públicos e, ainda, as limitações orçamentárias.  O ex-conselheiro do Corecon-RS e Economista-Chefe da Federação da Agricultura do Estado do RS (Farsul), Prof.Me. Antonio da Luz, também estará na Semana Acadêmica. Falará sobre Política Agrícola, no dia 26, quinta-feira, às 19h30min, no Auditório do 9º andar, Prédio 50, da Universidade.  

A 2ª Semana Acadêmica da Escola de Negócios da PUCRS acontece de 23 a 27 de setembro, com palestras e workshops nos três turnos, em diversos espaços do Campus da Universidade, e contará com a participação de palestrantes de renome, em diferentes áreas do conhecimento, para discutirem temas como diversidade, desenvolvimento pessoal e sustentabilidade sob a ótica econômico-social.

Maiores informações, no site do Evento http://www.pucrs.br/negocios/semana-academica-2019/

Corecon fala a estudantes da UCS

inaraucsA fiscal do Corecon-RS, economista Inara Betat, participou, na última terça-feira, dia 17, em Caxias do Sul, de encontro com os alunos do Curso de Ciências Econômicas da Universidade de Caxias do Sul (UCS). A convite da Universidade, a representante do Corecon-RS falou, na Sala Sescon, do Bloco J, sobre “A atuação profissional do Economista e o papel do Corecon”, em que enfocou as finalidades e atribuições do Conselho, controle e jurisdição, princípios constitucionais e origem dos recursos públicos. Falou aos acadêmicos sobre as áreas de atuação e o mercado de trabalho e ressaltou a importância da interação com as novas tecnologias, conhecimento do Excel e fluência em línguas estrangeiras. Explicou, ainda, as diferenças entre os conselhos, sindicatos e associações, e apresentou aos estudantes os eventos que a Entidade oferece ao longo do ano aos economistas e estudantes do Curso.

O evento contou com a participação da coordenadora do Curso de Ciências Econômicas da UCS, economista e professora Maria Jaqueline Corá, e do representante da Associação dos Economistas da Região Serrana (Ecoserra), economista Milton Biazus.

Processo de investimentos e avaliação de empresas foram temas do Economia em Pauta, no Plaza


“Processo de investimento e avaliação de empresas” foi o tema do último Economia em Pauta, ocorrido no dia 16 de setembro (segunda-feira), no Hotel Plaza São Rafael. Numa promoção do Corecon-RS, o painel contou com as participações dos economistas Clovis Benoni Meurer, da CRP Participações, e Leosergio Angheben, do BRDE, e do engenheiro Elias Graziottin Rigon, do Badesul.
O evento foi aberto pelo presidente do Corecon-RS, economista Rogério Tolfo, que apresentou o tema desta edição do Economia em Pauta e o curriculum dos palestrantes, e agradeceu ao público presente.

leosergiovaluationLeosergio Angheben iniciou sua apresentação falando sobre as políticas de intervenções estratégicas do poder público na economia, como a fiscal, monetária e de crédito, com o intuito de buscar a ampliação da base tributária e o equacionamento dos desequilíbrios sociais. Apresentou um resgate histórico da criação das Instituições Financeiras de Desenvolvimento (IFDs), como o Banco Mundial (Bird), em 1944, e, no caso do Brasil, o Banco do Brasil, criado em 1808, com o intuito de fomentar a agropecuária, a Caixa Econômica Federal, em 1861, para atuar no microcrédito e no financiamento imobiliário. Lembrou, ainda, que a tese de impulsionar o desenvolvimento por meio de políticas de crédito ganhou força nos anos 50, com criação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), em 1952, e, mais tarde, com a criação de instituições direcionadas ao fomento regional, através do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, em 1961, do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), em 1962, do Desembanco, em 1966, do Bandes, em 1967, e do Badesul, em 1973, e, mais tarde, com a regulamentação dos próprios bancos estaduais. O economista finalizou sua apresentação, abordando os objetivos, os campos de atuação, as fontes de recursos e o processo de avaliação de projetos do BRDE.

eliasvaluationElias Rigon explicou que o Badesul é uma Agência de Fomento vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), do Governo do Rio Grande do Sul, que busca oferecer soluções financeiras de longo prazo para projetos do setor público, do agronegócio e de empresas privadas. Falou sobre o surgimento das agências de fomento no País, lembrando que, das 27 unidades das Federação, atualmente 21 delas possuem Agências de Fomento. Disse que o setor agropecuário gaúcho concentra a maior parte do saldo de operações, da ordem de R$ 2,9 bilhões, oferecidas pelo Banco. Falou sobre as fontes de recursos para os financiamentos e apresentou dados sobre os investimentos que vêm sendo feitos pelo Banco em startups e inovação tecnológica, ressaltando programas, como o Centelha RS, que tem o objetivo de transformar ideias inovadoras em empresas, e o Tecnova, que busca a subvenção econômica para desenvolvimento de projetos inovadores em pequenas empresas, e que entra em operação até o final deste ano.

clovisvaluationClovis Meurer iniciou sua apresentação explicando as participações dos diferentes atores no processo de investimento numa empresa, como os perfis dos fundos e anjos, dos investidores e dos empresários e empresas, e a origem, análise, precificação e negociação da empresa investida. Falou sobre a busca do capital através de um projeto consistente, o papel dos investidores, e a preparação para a saída da sociedade com a venda do já rentável negócio. Apresentou um histórico sobre a criação da CRP Companhia de Participações, pioneira em Private Equity e Venture Capital no Brasil, que iniciou suas atividades no ano de 1981, em Porto Alegre, e hoje com atuação nos três estados do Sul e em São Paulo. Explicou que a CRP, nos últimos anos, vem focando seus investimentos em empresas, em fase inicial de negócios, com perfil estratégico de Venture e Growth Capital. “Ao invés da tranquilidade e liquidez oferecidas pelas corretoras em investimentos na bolsa de valores, procuramos apoiar empresas que estejam em estágio anterior, para que possam crescer, desenvolver, e lançar seus produtos e conquistar novos mercados”, afirmou, lembrando que “existe um mundo novo da economia, que se encontra dentro das aceleradoras, nos centros tecnológicos das universidades, tocado por jovens empreendedores, à espera de impulso financeiro para lançar seu negócio ao mercado”. Finalizou sua apresentação, citando o exemplo de empresas ligadas à tecnologia, recentemente criadas, que lançaram produtos ou serviços inovadores, e que já possuem um valor de mercado superior a U$ 1 bilhão, as chamadas Startups Unicórnios, como Uber, 99, Nubank, entre outras.

abertvaluation

Também participaram desta edição do Economia em Pauta os conselheiros Antonio Carlos Brites Jaques e Aristóteles Galvão, o conselheiro Federal Henri Bejzman e os ex-presidentes do Corecon-RS Leandro Antonio de Lemos e Lauro Renck.

 


 

Curriculum dos palestrantes:

Leosergio Angheben é economista, com especializações em Desenvolvimento Econômico e Planejamento e Planejamento do Desenvolvimento Regional. Foi diretor Financeiro do Banrisul, diretor de Operações da extinta Caixa Econômica Estadual, diretor de Operações do BRDE, presidente da Fundação BRDE de Previdência Complementar (Isbre) e assessor especial da Secretaria de Desenvolvimento e Promoção do Investimento do RS (SDPI). É servidor de carreira do BRDE, há 43 anos, onde atua na captação de negócios para o BRDE.

Elias Rigon é engenheiro, funcionário de carreira do Badesul desde 2010 tendo desempenhado as funções de Superintendente de Inovação e de Fundos de Investimento (FIP’s), fomento e políticas públicas à inovação e startup’s Seed Forum, Centelha-RS, Tecnova-RS, conselheiro da Incubadora de Empresas Hestia, da UFRGS, e Membro do Conselho de Administração do Badesul.

Clovis Meurer é economista e administrador. Possui especialização em Private Equity e Venture Capital e experiência de 35 anos no setor de Private Equity e Venture Capital. Foi fundador e presidente da Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital (ABVCAP). É superintendente da Companhia de Participações (CRP) e membro da Associação dos Analistas e Profissionais de Mercado de Capitais da Região Sul (Apimec-Sul). Ex-presidente do Corecon-RS, é conselheiro federal do Cofecon.

 

Clique aqui para baixar as apresentações do Evento: ppt-Leosergio | ppt-Elias  | ppt-Clovis

Clique aqui para acessar aos vídeos do Evento 

Corecon e Sinepe reúnem-se para discutir parcerias na área de Educação Financeira


O presidente do Corecon-RS, economista Rogério Tolfo, e a coordenadora da Comissão de Educação Financeira da Entidade, economista Janile Soares, reuniram-se, na quinta-feira, dia 12, com o presidente do Sindicato do Ensino Privado do RS (Sinepe-RS), professor Bruno Eizerik, para discutirem parcerias na área da educação financeira.

Rogério Tolfo informou que o Corecon-RS desenvolve programas de educação financeira, como palestras, oficinas e concursos, junto a escolas de ensinos médio e fundamental, a universidades e outras instituições, desde o ano de 2013, o que levou a Entidade a ser a primeira Entidade nacional representativa dos economistas a receber, em 2015, o Prêmio Selo Enef (Estratégia Nacional de Educação Financeira, outorgado pelo Conselho Nacional de Educação Financeira (Conef).

Janile Soares lembrou que o objetivo dessas iniciativas é estimular e desenvolver junto aos estudantes e à sociedade como um todo a conscientização sobre a importância da economia e da educação financeira no dia a dia do cidadão.

O representante do Sinepe-RS, Bruno Eizerik, agradeceu a visita e elogiou as iniciativas que o Corecon-RS vem desenvolvendo na área da educação financeira. Ressaltou que o Sinepe tem interesse em desenvolver parcerias na nessa área e que, para isso, encaminhará a proposta à avaliação de sua Diretoria, com o objetivo de construir um cronograma de ações nesse sentido, entre as das duas entidades.

Página 6 de 63