Bitcoin e Blockchain são temas de painel


O Corecon-RS e o Conselho Regional de Administração (CRA), estão apoiando o “II Tech Nights: uma noite de tecnologia e tendências”, que acontece nesta terça-feira, dia 12, às 19h30min, na Avenida Cristóvão Colombo, 545, 3º andar. Esta edição do evento, que enfocara o Bitcoin e a Blockchain, oportunidades e perspectivas de futuro, terá como painelistas Rocelo Lopes (fundador da Coinbr.net), Rudá Pellini (fundador da Wise&Trust), Fabrício Sanfelice (Diretor AtlasProject) e Rodrigo Castilhos (tradutor do livro Mastering Bitcoin).

Maiores informações em:
Link Evento Facebook: https://www.facebook.com/events/1426540504128098/
Link Evento SYMPLA: https://www.sympla.com.br/tech-nights-poa-02__185357
Fone (51) 994707815

FEE lança RS em Números 2017

A Fundação de Economia e Estatística (FEE) promove, no dia 19 de setembro, o lançamento do "RS em Números 2017".

Trata-se de publicação anual bilíngue, que apresenta uma série de indicadores sobre o Rio Grande do Sul, com o intuito de contribuir para a ampliação e disseminação de informações sobre a realidade do estado.

O evento será realizado às 10 horas, no Auditório do Museu de Arte do RS (Margs), na Praça da Alfândega, em Porto Alegre.

Corecon-RS no 22º Congresso de Economia

 

O presidente do Corecon-RS, Clovis Meurer, o vice-presidente, Rogério Tolfo, e o conselheiro federal, Henri Bejzman, participaram do 22º Congresso Brasileiro de Economia (CBE), que encerrou na última sexta-feira, dia 8, em Belo Horizonte. Numa promoção do Cofecon e do Corecon-MG, o evento teve como tema central o “Desenvolvimento Econômico, Justiça Social e Democracia: Bases para um Brasil Contemporâneo” e contou com a participação de renomados economistas, brasileiros e de fora do país, autoridades governamentais, estudantes e representantes dos principais segmentos da economia e da sociedade civil. O Congresso contou com 24 mesas e cerca de 90 palestrantes, além de palestras magnas, atividades culturais, premiações e homenagens.

Gaúchos recebem Prêmio Brasil de Economia


O artigo "Padrões de crescimento e desenvolvimentismo”, de autoria do ex-presidente do Corecon-RS e professor da UFRGS, economista Fernando Ferrari Filho, e do economista carioca Luiz Fernando de Paula, do Rio de Janeiro, foi agraciado com o 1° lugar no XXIII Prêmio Brasil de Economia (PBE), categoria Artigos Técnicos e Científicos. A economista gaúcha Tatiana Silva Fontoura de Barcellos conquistou o 3º lugar, na categoria Dissertação de Mestrado, com o trabalho “Ensaios sobre a Regulação dos Bancos de Dados Utilizados para a Análise de Crédito: Uma Abordagem da Law And Economics”. Também, a economista Ingrid Rafaele Rodrigues Leira, da Unisinos, foi classificada em 3º lugar, na Categoria Monografia de Graduação, com o trabalho “A Racionalidade na Tomada de Decisão: um experimento para avaliar o efeito de cenários econômicos na decisão dos eleitores em uma eleição presidencial”.

Os primeiros colocados nas categorias monografias de graduação, dissertações de mestrado, teses de doutorado, artigos técnicos/científicos e livros de Economia serão premiados durante o XXII Congresso Brasileiro de Economia, a ser realizado de 06 a 08 de setembro de 2017 em Belo Horizonte, Minas Gerais.

O objetivo do Prêmio Brasil de Economia, organizado pelo Cofecon, é estimular a reflexão crítica sobre a Economia como ramo de conhecimento, primando por seu caráter aplicado, especialmente nas questões ligadas a aspectos econômicos, sociais e regionais da sociedade brasileira e a sua inter-relação com o exercício da profissão de economista.

Conheça a relação completa dos premiados do XXIII PBE

Já disponível nova edição da Revista Economistas

O Cofecon está disponibilizando a edição de nº 25 da Revista Economistas, que apresenta, como destaque, o tema ““XXII Congresso Brasileiro de Economia. Desenvolvimento econômico, justiça social e democracia: bases para um Brasil contemporâneo”. A Revista apresenta os artigos “Sistemas financeiros, governança financeira e desenvolvimento econômico”, de autoria da economista Jan Kregel, com tradução do Econ. Pedro Garrido; “ América del Sur en un impasse”, do economista Roberto Frenkel; “ Teorias de Ricardo sobre a distribuição da renda nacional e os efeitos da ‘substituição do trabalho humano por maquinaria’”, do economista Luiz Antônio Macedo; “ Recessão, impacto social e consequências para a política no Brasil atual”, de autoria do economista Márcio Pochmann; “ O crescimento, a política econômica e a reforma tributária”, do economista Fabrício Augusto; “ Para onde vai a economia brasileira?”, do economista Roberto Castello Branco; “Brasil, roteiro para principiantes”, de Luis Paulo Rosenberg e Econ. Leonardo França Costa; “Uma proposição de política macroeconômica para a economia brasileira”, do economista Fernando Ferrari Filho; “Uma Previdência Social para poucos!, de autoria da economista Rosa Maria Marques.

A publicação contém, ainda, os documentos “Nota do Cofecon ao Congresso Nacional – a importância da regulamentação das compensações aos estados pelas perdas com a Lei Kandir” e “Nota do Cofecon sobre a Política Industrial e de Inovação”; além de diversas reportagens, além de conteúdos da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Ciências Econômicas (ANGE) e Federação Nacional dos Estudantes de Economia (Feneco) e a seção Novos Livros.

A edição nº 25, da Revista Economistas, pode ser acessada pelo link http://www.cofecon.gov.br/revista-digital/

Cofecon escolhe melhores resenhas

 

O Cofecon já divulgou os vencedores do Concurso de Resenhas sobre os livros “Princípios de Economia Política”, de David Ricardo, e “O Capital – Livro I”, de Karl Marx. Os vencedores foram o estudante Danne Vieira Silva, do Curso de Ciências Econômicas da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), e Pedro Rubin Costa, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Eles receberão menção honrosa durante o 22º Congresso Brasileiro de Economia (CBE), que ocorre de 6 a 8 de setembro em Belo Horizonte.

O concurso é uma iniciativa do Cofecon, em parceria com a Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Ciências Econômicas (ANGE), e tem como objetivo homenagear os 200 anos da obra de David Ricardo e os 150 anos do livro de Karl Marx. Além disso, a iniciativa busca incentivar a pesquisa científica e estimular a elaboração de trabalhos sobre as obras mencionadas.

 

Economistas e estudantes de Economia lotam auditório da IMED, em Porto Alegre

 auditrio

Economistas e estudantes de economia de todo o Rio Grande do Sul estiveram reunidos, ao longo de todo o sábado, dia 19, no Campus Porto Alegre da Faculdade IMED, em Porto Alegre, para discutirem conjuntura econômica, reforma trabalhista, além de temas da atualidade, ligados à tecnologia, inovação e empreendedorismo.

clovisabertura

 

O presidente do Corecon-RS, economista Clovis Meurer, abriu o evento, comemorativo à Semana do Economista, desejando boas vindas aos profissionais e estudantes de economia que lotaram o ginásio, muitos, vindos de universidades de todo o ponto do estado.

 

 

aodO ex-secretário da Fazenda do RS, economista Aod Cunha de Moraes Júnior, fez uma apresentação sobre o cenário macroeconômico global e os desafios da economia brasileira para uma retomada de crescimento sustentável ao longo prazo. Apresentou gráficos sobre o crescimento do PIB global, a evolução do PIB percapita e previsões de crescimento econômico no mundo para 2017 e 2018. Lembrou que o Brasil apresentou a maior recessão econômica de sua história no período 2015-2016, “resultado de uma combinação do esgotamento de um modelo de política econômica e uma forte crise política”, e ressaltou que as perspectivas são de melhoras, embora o futuro ainda dependa de reformas consideradas necessárias. “O Brasil não tem aproveitado as oportunidades de fazer reformas que devem ser feitas”, acrescentou. Finalizou sua apresentação abordando demografia e os grandes desafios na gestão pública, especialmente no enfrentamento do déficit previdenciário.

 

setores

 

Os economistas-chefes André Nunes de Nunes, da Fiergs, Antonio da Luz, da Farsul, Patrícia Palermo, da Fecomércio, e o economista da Federasul, Ivo Chermont, falaram no painel “Economia Setorial do RS”, que teve a mediação da jornalista Marta Sfredo, de Zero Hora.

 

 

 

ivo

Chermont: “No curto prazo, um cenário mundial
de relativo otimismo, com ambiente de crescimento,
sem inflação e taxa de juros perto de zero”

 

antonio

Antonio: “A rentabilidade do agronegócio em 2017 é baixíssima,
com deflação de 24% nos preços recebidos”

andre nunes

André: “O cenário está muito favorável
e nos permite olhar mais para a frente”
 

patrcia

Patrícia: “Não conseguiremos aumentar a produtividade
da economia brasileira se não começarmos a mudar,
de forma significativa, a produtividade no setor de serviços”


inovao

O painel “Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo”, contou com as participações de Daniel Nunes Oliveira, da PaySmart Services, que falou sobre Fintech, Jorge Luís Nicolas Audy, presidente da Amprotec, que abordou empreendedorismo, Rodrigo Vieira, da TozziniFreire Advogados, sobre Blockchain. A mediação foi do conselheiro do Corecon-RS, economista Marcos Silla Maisonnave.

 

 

 

rodrigo

 

Rodrigo: “56% das transações bancárias no Brasil
em 2016 foram feitas através de internet
e mobile banking”

  

daniel

Daniel: “Um crescimento de mais de 350%
no número de fintechs no Brasil,
mas sem participação importante do RS”

paulino

 

Paulino: "A grande diferença quando
se fala em tecnologia é que as barreiras
de acesso desapareceram”
 

audy


Audy: "O que não temos no Brasil 
é um ambiente de inovação, 
como estratégia dentro de uma política nacional”

 

desigualdade

 

Do painel “Desigualdade Social”, participaram os professores Ronald Hillbrecht e Flávio Vasconcellos Comim, da UFRGS, e teve a mediação do conselheiro do Corecon-RS e pesquisador da FEE, economista Guilherme Stein.

 

 

 

ronald


Ronald: “Crescimento econômico muda distribuição
de renda e promove desigualdade”


comimComim: “Nós precisamos atacar o lado
uim senão a sociedade não funciona”.

 

profissionais
Do painel “Profissionais de Economia”, participam o professor Felipe Garcia, da UFPEL, o secretário da Fazenda de Porto Alegre, Leonardo Maranhão Busatto, a economista Isabel Gaio Schutt, do Sicredi, o estudante Felipe Sena, da FURG, sob a mediação do economista Bruno Breyer Caldas, conselheiro do Corecon-RS e pesquisador da FEE.

 



criptomoeda



Fausto Vanin, membro da Blockchain Academy, apresentou um jogo virtual com o público, dentro do “Desafio Criptomoedas e blockchain”.

 

 

 mauricio
O advogado e sócio da TozziniFreire advogados, professor falou sobre “O impacto da reforma trabalhista na geração de empregos”. Defendeu a reforma trabalhista aprovada, através da Lei 13.647/2017, que altera mais de 100 pontos da CLT. “A reforma trabalhista foi necessária”, disse, elencando as principais mudanças, como possibilidade de fracionamento das férias, compensação de jornada, contrato de trabalho intermitente, entre outros. Falou sobre artigos modificados na lei da terceirização e criticou a existência de sindicatos que não defendem os interesses de seus representados e que têm a arrecadação como única finalidade e defendeu o fim do imposto sindical obrigatório.

 

vinicius1




Ao realizar a palestra de encerramento do Encontro, intitulada “Crédito direcionado e produtividade”, o professor de Economia da PUC-Rio e ex-diretor do BNDES Vinicius Carrasco apresentou uma análise sobre o comportamento da Produtividade Total dos Fatores na economia brasileira (TPF) e disse que a eficiência da economia brasileira tem se reduzido ao longo dos anos. Explicou, através de gráficos, o acúmulo de desembolso do Programa de Sustentação de Investimento (PSI), conduzido pelo governo federal de 2009 a 2015 e responsável pela concessão, através do BNDES, de créditos subsidiados para investimentos, bem mais baixos que os cobrados pelo mercado financeiro. Defendeu a Taxa de Longo Prazo (TLP) e disse que o crédito subsidiado proporcionado pelo BNDES acabou sendo de baixa qualidade.

 

Clique aqui para acessar a Galeria de Fotos do Encontro

Meneghetti fala a jornalistas, na ARI

 

A Associação Riograndense de Imprensa (ARI), em parceria com o Corecon-RS, promoveu, na noite da última terça-feira, dia 15, na sede da entidade, o workshop “Desafios da Economia Gaúcha e dúvidas frequentes”, com o ex-conselheiro do Corecon-RS, economista e professor Alfredo Meneghetti Neto. O evento contou com a participação de jornalistas de rádio, televisão, jornais, assessores de imprensa e estudantes da área de Comunicação.

O economista falou sobre a estrutura da economia gaúcha e sua histórica dependência do agronegócio. Apresentou uma análise sobre a relação da arrecadação do ICMS e a evolução do PIB do RS e criticou a falta de investimento na fiscalização dos tributos estaduais e nas contrapartidas oferecidas pelas empresas beneficiadas pelo Fundopem.

Corecon-RS faz homenagem, in memoriam, a autor da Lei do Economista

 

Dentro das comemorações da Semana do Economista, o Corecon-RS prestou homenagem, in memoriam, ao economista e deputado federal, Fernando Ferrari, autor da lei Nº 1.411, aprovada em 13 de agosto de 1951, conhecida como “Lei do Economista”. A solenidade aconteceu durante reunião-almoço de integração entre os conselheiros de diversas gestões, ocorrida no restaurante do City Hotel, quando o presidente Clovis Meurer entregou uma placa comemorativa às mãos do ex-presidente do Conselho e filho do homenageado, economista Fernando Ferrari Filho. Na mesma oportunidade, foi repassada placa outorgada pelo Cofecon em homenagem ao ex-conselheiro do Corecon-RS e ex-presidente do Conselho Federal, economista Renato Ilgenfritz da Silva, “pelos relevantes serviços prestados à causa do Economista”. A homenagem foi recebida pela filha Manoela Ilgenfritz da Silva e pelo irmão, Clóvis Ilgenfritz.

placaferrariDurante a sessão-plenária, o presidente Meurer apresentou relatos sobre as participações de conselheiros em eventos, como Enesul, e Semana Acadêmica e formaturas de graduação dos cursos de Ciências Econômicas das universidades do RS. Apresentou, ainda, um relato sobre o perfil dos profissionais e estudantes inscritos no Encontro de Economia Corecon-RS.

Também estiveram presentes à reunião os conselheiros Aristóteles Galvão, Bruno Breyer Caldas, Guilherme Steim, Jorge Melo, João Carlos Madail, Victor Sant’Ana, o conselheiro federal Henri Bejzman, os ex-presidentes Geraldo Fonseca, João Batista Soligo Soares, Lauro Rencke e Simone Magalhães, os ex-vice-presidentes Carlos Abel, placailgenfritzEverton Lopes e Darcy Carvalho dos Santos, e os ex-conselheiros Alfredo Meneghetti, Helena Biasotto, João Batista e Sílvia Horst Campos.

 

 

 

Acesse galeria de fotos

 

Vinicius Carrasco fala, dia 19, em Porto Alegre

                                   - Encontro promovido pelo Corecon-RS contará com profissionais de renome para discutir
                                                           conjuntura, tecnologia, inovação e empreendedorismo -



O ex-diretor de Planejamento e Pesquisas do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), economista Vinicius Carrasco, participará do Encontro de Economia Corecon-RS, que acontecerá no dia 19 de agosto, no campus Porto Alegre da Faculdade IMED (Rua Dona Laura, 1020, bairro Mont’Serrat). Professor de Economia da PUC do Rio de Janeiro, Vinicius Carrasco possui doutorado em Economia na Stanford University, e falará sobre “Crédito direcionado e produtividade”, na palestra de encerramento. Na oportunidade, economistas e estudantes de economia de todo o RS estarão reunidos para discutir a conjuntura econômica, além de temas da atualidade ligados à tecnologia, inovação e empreendedorismo.

O evento, promovido pelo Conselho Regional de Economia do RS, será aberto às 9 horas, com palestra do ex-secretário da Fazenda do RS, economista Aod Cunha de Moraes Junior, sobre cenários. Em seguida, o economista-chefe da Fiergs, André Nunes de Nunes, da Farsul, Antonio da Luz, da Fecomércio, Patrícia Palermo, e o economista da Federasul, Ivo Chermont, estarão no painel “Economia Setorial do RS”, que contará com a participação da jornalista Marta Sfredo, como mediadora.

Ao longo do dia, acontecem, ainda, o painel “Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo”, com as participações de Daniel Nunes Oliveira, da PaySmart Services, que falará sobre Fintech, de Jorge Luís Nicolas Audy, presidente da Anprotec, que abordará empreendedorismo, Rodrigo Vieira, da TozziniFreire Advogados, sobre Blockchain, além de Paulino Rodrigues, que enfocará o tema Tecnologia Planejada. A mediação será do conselheiro do Corecon-RS, economista Marcos Silla Maisonnave. Do painel “Desigualdade Social”, participarão os economistas Flávio Vasconcellos Comim e Ronald Hillbrecht, da UFRGS, e terá o conselheiro do Corecon-RS, Bruno Breyer Caldas, como mediador. Do painel “Profissionais de Economia”, participam o professor Felipe Garcia, da UFPEL, o secretário da Fazenda de Porto Alegre, Leonardo Maranhão Busatto, a economista Isabel Gaio Schutt, do Sicredi, o estudante Felipe Sena, da FURG, e o conselheiro do Corecon-RS, Guilherme Stein, como mediador. Em seguida, acontece a palestra de Maurício de Carvalho Góes, da TozziniFreire Advogados, que abordará o Impacto da Reforma Trabalhista na Geração de Empregos.

Maiores informações podem ser obtidas através do site www.coreconrs.org.br , pelo fone (51) 32542600 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Programação e inscrições em https://www.sympla.com.br/encontro-de-economia-corecon-rs__167757

Pagina 5 de 30