Obra "Economia da Ciência, Tecnologia e Inovação" é lançada pela Unisinos

 

unisinosA professora do PPG em Economia da Unisinos, Janaina Ruffoni, integra o grupo de pesquisadores que lançaram o livro “Economia da Ciência, Tecnologia e Inovação – Fundamentos Teóricos e a Economia Global”.

Juntamente com as professoras Gisele Spricigo e Aurélia Melo, dividem o capítulo que trata do papel da universidade em sistemas de inovação. Para as autoras, a universidade é compreendida como um importante ator no processo de geração e transmissão de conhecimentos e inovações, e o capítulo busca compreender como esta instituição constrói este papel ao longo do tempo, desde o seu surgimento. Essa é uma das linhas de pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Economia, que está com inscrições abertas.

Confira em http://www.unisinos.br/ppg

 

Lançamento da Campanha pela Redução da Desigualdade Social no Brasil reuniu mais de 300 pessoas

 

Realizado na quinta-feira, 11 de maio, na Câmara dos Deputados, o ato de lançamento da Campanha Pela Redução da Desigualdade Social no Brasil reuniu cerca de 320 pessoas e lotou o auditório Nereu Ramos. O evento contou com a presença de 12 parlamentares de cinco partidos diferentes (PT, PSB, Rede, PSOL e PCdoB), além de 30 dirigentes de entidades nacionais e algumas locais.

O ato teve início com a leitura do manifesto do Fórum Nacional Pela Redução da Desigualdade Social, realizada pelo presidente do Cofecon, Júlio Miragaya. Em seguida, vários parlamentares subiram ao púlpito para falar sobre o assunto e expressar apoio à Campanha.

Júlio Miragaya afirmou que a luta pela desigualdade “é uma ansiedade do povo brasileiro, que quer uma sociedade melhor e mais justa. Temos a convicção de que levaremos ao povo esta sensibilização, que passaremos um projeto de um novo modelo tributário em que os ricos paguem impostos e que os trabalhadores sejam aliviados”, observou.

Nos próximos 90 dias, o Fórum Nacional pela Redução da Desigualdade Social receberá propostas para incorporar a um projeto de iniciativa popular para apresentar ao Congresso Nacional. No hotsite da Campanha na internet há um espaço para enviar sugestões, que pode ser acessado em: http://campanha.cofecon.org.br/consulta.html

 

 

Economia da Unisinos abre inscrições para Mestrado

 

Encontram-se abertas, até o dia 12 de junho próximo, as inscrições para o processo seletivo do Mestrado Acadêmico em Economia da Unisinos. Com área de concentração em Organização Industrial e Economia Internacional, o curso prevê as linhas de pesquisa sobre Inovação e Aglomerados Produtivos Locais e Integração Econômica Internacional.

Maiores informações e inscrições em http://www.unisinos.br/mestrado-e-doutorado/economia/presencial/sao-leopoldo

Coordenadores de Cursos de Economia se reúnem em Porto Alegre

 encontro dos cursos


Coordenadores de Cursos de Ciências Econômicas das universidades do Rio Grande do Sul reuniram-se, na última sexta-feira, dia 5, na sede do Corecon-RS, em Porto Alegre. O objetivo do encontro foi a troca de experiências entre o Conselho e as instituições, e a promoção de ações conjuntas visando o aprimoramento e a qualificação profissional do economista. Na oportunidade, também foi apresentada uma análise da conjuntura econômica regional e suas perspectivas e discutidos temas, como Corecon Acadêmico, Dia do Economista, Gincana dos Cursos de Ciências Econômicas, entre outros.

encontro dos cursos 1A reunião foi coordenada pelo presidente do Corecon-RS, economista Clovis Meurer, e contou com a participação dos professores Cláudia Katherine Rodrigues (Fadergs), Ely José de Mattos (PUCRS), Thales Viegas (UFSM/Palmeira das Missões), Marcel Jaroski Barbosa (Ulbra), Judite Sanson de Bem (Unilasalle). Também participaram do encontro o vice-presidente do Corecon-RS, economista Rogério Tolfo, os conselheiros Aristóteles Galvão, Bruno Breyer Caldas, Guilherme Stein, o ex-conselheiro Alfredo Meneghetti Neto, e o conselheiro federal Henri Bejzman.

“Mitos e verdades da Previdência” é o tema do Economia em Pauta

darcy3felippe

- Com o economista Darcy Carvalho dos Santos
e o jornalista Felippe Hermes -

“Mitos e verdades da Previdência” é o tema da próxima edição do Economia em Pauta, que acontecerá no dia 16 de maio próximo (terça-feira), às 18h30min, no Hotel Plaza São Rafael (Av. Alberto Bins, 514), numa promoção do Conselho Regional de Economia do RS (Corecon-RS). Os palestrantes serão o economista Darcy Francisco Carvalho dos Santos (Especialista em finanças públicas, conselheiro do Corecon-RS), e o jornalista Felippe Hermes (Jornalista e co-fundador do blog spotniks.com).

Será fornecido um certificado de 2 horas complementares aos estudantes que participarem do evento.

No final do evento, será servido um coquetel aos presentes, com a cortesia da Água Mineral Sarandi, Vinícola Laurentia, Car House e Hotel Plaza São Rafael.

Entrada gratuita!

Informações e reservas pelo fone (51) 3254.2608 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Prêmio ABDE-BID de Artigos 2017 com inscrições abertas até 24 de julho

 

Em sua quarta edição, o Prêmio visa estimular a reflexão sobre o desenvolvimento brasileiro
e o papel das instituições financeiras públicas nesse processo;
Primeiros colocados recebem prêmio de R$ 8 mil



A Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com o apoio do Sistema OCB, receberão até 24 de julho inscrições para o Prêmio ABDE-BID de Artigos 2017, em importante iniciativa que visa estimular a reflexão sobre os rumos do desenvolvimento e o papel do fomento no desempenho da economia brasileira.

Neste ano, o Prêmio ABDE-BID de Artigos é voltado a todos os segmentos da sociedade, tais como universidades (graduação, pós-graduação e acadêmicos), institutos de pesquisa, instituições financeiras associadas à ABDE, economistas e demais profissionais e especialistas dedicados aos temas do desenvolvimento e do fomento.

O prêmio é formado pelas seguintes categorias:

Categoria 1 / Desenvolvimento em debate – Os artigos deverão abordar assuntos relevantes ao processo de desenvolvimento, podendo utilizar abordagens macro e ou microeconômicas, do desenvolvimento de instrumentos financeiros com enfoque em modelos públicos, privados e/ou do papel do mercado de capitais para o financiamento ao investimento, da interrelação entre o financiamento de longo prazo e o desenvolvimento econômico, do processo de planejamento para o desenvolvimento, da natureza institucional do sistema financeiro, bem como de teorias de desenvolvimento de longo prazo.

Categoria 2 / Financiamento Verde – Os artigos deverão abordar ideias inovadoras para o financiamento verde, analisando gargalos e propostas para ampliar o financiamento sustentável ambiental, florestal e climático (adaptação e mitigação), tais quais – potencial uso e aplicação de green bonds, eficiência energética e energias renováveis, cadeia florestal e finanças ambientais, utilização das fintechs para área ambiental, mecanismos de financiamento, mercados de capitais, seguros, garantias, entre outros.

Categoria 3 / Sistema OCB Desenvolvimento e Cooperativismo de Crédito - Os artigos deverão abordar a relação entre o cooperativismo de crédito e o desenvolvimento econômico sustentável e inclusivo, estratégias de colaboração financeira para o desenvolvimento regional, estratégias colaborativas e novos instrumentos de fintech.

O artigo poderá ser escrito por autores individuais ou em grupo. O vencedor em cada uma das três categorias receberá prêmio de R$ 8 mil e será publicado em livro. O segundo colocado receberá prêmio de R$ 4 mil e também terá o trabalho publicado em livro.

A divulgação dos vencedores será feita em 18 de setembro, com entrega do prêmio em 13 de dezembro, no Fórum do Desenvolvimento, a ser realizado em Belo Horizonte.
Os interessados em mais informações devem escrever para: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

A ABDE - A Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) reúne as instituições financeiras de desenvolvimento presentes em todo o país – bancos públicos federais, bancos de desenvolvimento controlados por unidades da Federação, bancos cooperativos, bancos públicos comerciais estaduais com carteira de desenvolvimento, agências de fomento –, além da Finep e do Sebrae. Essas instituições compõem o Sistema Nacional de Fomento (SNF). A ABDE define estratégias e executa ações indutoras do SNF, tendo como meta constante o aprimoramento da atuação de seus associados, para que essas instituições financiem com eficiência o desenvolvimento brasileiro. Realiza cursos, produz estudos e representa as instituições em mesas de diálogo com organismos do governo, do setor produtivo e da sociedade.

O BID - O Banco Interamericano de Desenvolvimento tem como missão melhorar vidas. Criado em 1959, o BID é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional da América Latina e o Caribe. O BID também realiza projetos de pesquisas de vanguarda e oferece assessoria sobre políticas, assistência técnica e capacitação a clientes públicos e privados em toda a região.

O Sistema OCB - No Brasil, o movimento cooperativista é representado oficialmente pelo Sistema OCB, com suas três entidades complementares: Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Confederação Nacional das Cooperativas (CNCoop) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop). O Sistema conta com uma unidade nacional e 27 estaduais – localizadas nas capitais de cada estado e também no Distrito Federal. Seu papel é trabalhar pelo fortalecimento do cooperativismo no Brasil. São focos diferenciados e, ao mesmo tempo, complementares. A soma de todas essas forças tem um importante objetivo comum: potencializar a presença do setor na economia e na sociedade brasileira.

SERVIÇO
Edição 2017 do Prêmio ABDE-BID de Artigos
Inscrições: Até 24/07/2017
Informações: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

BNDES abre espaço a consultorias na área de economia

O Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) está solicitando, via Cofecon, levantamento de empresas de consultoria prestadoras de serviços de avaliação patrimonial de ações e debêntures, com base em valor presente (avaliação financeira).

O objetivo é estabelecer um rol de possíveis fornecedores dos serviços, caso demandados. Paralelamente, configura oportunidade de abertura de mercado no campo profissional dos economistas.

O objetivo é estabelecer um rol de possíveis fornecedores dos serviços, caso demandados. Paralelamente, configura oportunidade de abertura de mercado no campo profissional dos economistas.

Aos interessados, favor confirmar pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo., aos cuidados de Michelle Gomes, a possibilidade de fornecermos nome e CNPJ ao BNDES. Outras informações podem ser adquiridas pelo telefone (51) 32542603.

Estudo analisa evolução das finanças públicas de estados brasileiros


O conselheiro do Corecon-RS, economista Darcy Carvalho dos Santos, elaborou um estudo sobre a evolução das finanças públicas dos principais estados brasileiros, entre os anos 2002 e 2016, com base na taxa média de crescimento da Receita Corrente Líquida (RCL).

No trabalho, o economista explica o comportamento desse indicador e a sua relação com o ICMS, previdência, investimentos, entre outros. Analisa, ainda, o novo acordo da dívida de 2016 e o que é necessário para os três estados brasileiros em pior situação financeira saírem da crise. E deixa uma mensagem: “A grande bandeira precisa ser a responsabilidade fiscal”.

Para ler o texto completo, com tabelas e gráficos, em PDF, clique aqui.

João Fernandes, da Quantitas, fala no Café com Finanças

 


O economista João Souza Fernandes, da Quantitas Asset Management, será o palestrante do Café com Finanças, que acontecerá nesta quarta-feira, dia 3, às 7h45min, na sede da Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (Apimec-Sul), na General Câmara, 243, 3º andar, em Porto Alegre. Fernandes, que é responsável pela análise e projeções de inflação da Quantitas, falará sobre Conjuntura Econômica.

O evento é uma promoção da Apimec-Sul em parceria com o Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do RS (IBEF-RS), com o apoio do Corecon-RS.

Maiores informações e confirmação de presença, através do telefone 3225.4459 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Coordenadores de Cursos de Economia do RS se reunirão em Porto Alegre



Coordenadores dos cursos de Ciências Econômicas das universidades do Rio Grande do Sul estarão reunidos, nesta sexta-feira, dia 5, às 14 horas, na sede do Corecon-RS. O objetivo do encontro é promover troca de experiências e discutir ações conjuntas que venham ao encontro do aprimoramento e da qualificação profissional do economista.

Além de uma análise da conjuntura econômica regional e suas perspectivas, serão discutidos temas como Corecon Acadêmico, Dia do Economista, Gincana dos Cursos de Ciências Econômicas, entre outros.

Pagina 5 de 25