Abertas inscrições para prêmios Reportagem de Economia 2018 e Jornalista de Economia do Ano

 

Encontram-se abertas as inscrições para o “Prêmio Corecon-RS de Reportagem de Economia 2018” e para o “Prêmio Jornalista de Economia do Ano”.

O “Prêmio Corecon-RS de Reportagem de Economia 2018” tem como objetivo valorizar trabalhos jornalísticos produzidos sobre a economia gaúcha, por profissionais em atividade no Estado, nas áreas da mídia impressa (reportagem de revistas e jornais on line), radiojornalismo (reportagem de rádio) e mídia digital (reportagem em mídia digital).

Poderão participar trabalhos publicados ou veiculados em órgãos de imprensa do país (jornais, revistas, emissoras de rádio e mídia digital). As inscrições deverão ser efetuadas, até o dia 19 de novembro de 2018, às 17 horas, na sede do Corecon-RS (Rua Siqueira Campos, 1184 – 6º andar), em Porto Alegre.

O “Prêmio Jornalista de Economia do Ano” tem como objetivo homenagear um jornalista com atuação na área econômica, em jornais, revistas, emissoras de rádio ou mídia digital. As inscrições dos profissionais devem ser feitas pela Associação Riograndense de Imprensa (ARI), Sindicato dos Jornalistas do RS (Sindjors), Corecon-RS e pelas faculdades gaúchas que oferecem o curso de Comunicação Social/Jornalismo. Cada uma das entidades indicará até três nomes de jornalistas que irão concorrer ao Prêmio. Os nomes indicados serão levados à análise da Comissão Julgadora, que escolherá, entre todos os nomes indicados, uma lista tríplice a ser encaminhada à apreciação da Reunião-Plenária do Corecon-RS, que definirá, entre os três nomes indicados pela Comissão, o(a) Jornalista de Economia do Ano.

A promoção é do Corecon-RS, com o apoio da ARI e do Sindjors.

Os prêmios serão entregues durante solenidade oficial no mês de dezembro próximo, oportunidade em que também serão outorgados o “Prêmio Corecon-RS 2018” de dissertações de mestrado, monografias e artigos técnicos, e o “Prêmio Economista do Ano”.

Solenidade de premiação

Data: 13 de dezembro de 2018
Horário: 20h
Local: Hotel Continental Porto Alegre-RS

Regulamento e ficha de inscrição Prêmio Reportagem de Economia 2018

Regulamento Prêmio Jornalista de Economia do Ano

Chapa 1, "Renovação e Afirmação", vence eleições do Corecon-RS

A Chapa 1, “Renovação e Afirmação”, venceu as eleições para renovação de um terço do Conselheiros Efetivos e Suplentes do Corecon-RS e de Delegado Eleitor Efetivo e Suplente junto ao Colégio Eleitoral do Cofecon.

Assumirão, em janeiro próximo, para um mandato de três anos (2019/21), os economistas Antonio Carlos Brites Jaques, Filipe Grisa e Vanessa Neumann Sulzbach, como Conselheiros Titulares, e Bernardo Baggio, José Junior de Oliveira e Pedro Lutz Ramos, como Conselheiros Suplentes. Também assumirão os economistas Rogério Vianna Tolfo, como Delegado Eleitor Efetivo, e Antônio Newton Correa da Luz, como Delegado Eleitor Suplente.

A chapa vencedora somou 178 votos de um total de 304 votos válidos, enquanto a Chapa 2, “Pluralismo, Defesa e Valorização do Economista” obteve 118 votos. Foram contabilizados ainda 05 votos em branco e 03 votos nulos.

As eleições do Sistema Cofecon/Corecons, que contaram com voto eletrônico realizado em 27 estados brasileiros, ocorreram ao longo dos dias 30 e 31 de outubro, com os resultados de todo o País divulgados oficialmente ainda na noite da última quarta-feira, dia 31.

Acompanhe aqui os resultados das eleições em todas as regionais


Confira os novos conselheiros regionais e delegados do Corecon-RS, eleitos para o triênio 2019/2021.

 

Conselheiros Titulares:

jaquesfilipevanessa 

 Conselheiros Suplentes:

bernardo

junior

pedro 


Delegado Eleitor Titular:

tolfo 

Delegado Eleitor Suplente: 

antonio 

Classificação dos Cursos de Graduação e Sequenciais

C O M U N I C A D O

O CORECON-RS vem a público externar sua preocupação com a nova classificação dos cursos de Ciências Econômicas proposta pelo MEC no Manual para Classificação de Cursos de Graduação e Sequenciais (Cine Brasil 2018). Conforme o posicionamento apresentado pelo COFECON ao MEC, o Curso de Ciências Econômicas não se restringe à área de Ciências Sociais, Jornalismo e Informação (Área Geral 03), subárea das Ciências Sociais e Comportamentais.

O CORECON-RS reitera que o conhecimento produzido sob o enquadramento de ciências econômicas também abrange as áreas de; finanças corporativas, finanças quantitativas, mercados de capitais, negócios, planejamento, perícia, auditoria, assessoria econômica, educação financeira, elaboração e análise de projetos, avaliação de empresas, entre outras ligadas à área geral de Negócios, Administração e Direito (Área Geral 04). Logo, os cursos de Economia devem também ser enquadrado nesta rubrica a fim de refletir de maneira fidedigna a real classificação do conhecimento transmitido nos cursos de graduação.
Exortamos as Faculdades, Centros Universitários e Universidades que possuem cursos de Economia a se posicionarem perante ao MEC/INEP com urgência, conforme documentação enviada pelo Cofecon em 26.10.2018 (vide anexos).

 

Porto Alegre, 29 de outubro de 2018.

 
 
Rogério Vianna Tolfo          Bruno Breyer Caldas
Presidente                           Vice-Presidente

 

Anexos:

Circular Corecon-RS

Classificação dos cursos de graduação

Manifestação passo a passo

Gustavo de Moraes fala sobre cenários e perspectivas da economia


O coordenador da Escola de Negócios da Pontifícia Universidade Católica do RS (PUCRS), economista Gustavo Inácio de Moraes, proferirá palestra, nesta terça-feira, dia 30, no Auditório do Hospital São Lucas da PUCRS, sobre “Cenários e perspectivas pós eleições”. A promoção, interna, é destinada aos seus gestores nas 4 áreas de atuação da Rede Marista (escolas, universidade, saúde e assistência social).

O professor Moraes participou, nesta segunda quinzena de outubro, de uma série maratona de palestras. No dia 20 de outubro, falou, na Universidade de Caxias do Sul (UCS), sobre a retomada da economia brasileira, no 1º InterComin, Congresso de Comércio Internacional, promovido pelo Diretório Acadêmico COMIN – Comércio Internacional. No dia 22, falou sobre Pilar econômico da sustentabilidade, no 4º Encontro do Grupo de Estudos em Sustentabilidade, promovido pela Net Impact Porto Alegre, ONG internacional voltada para a educação que tem como objetivo inspirar e conectar pessoas para a construção de uma sociedade sustentável. No dia seguinte, abordou o tema A importância da pesquisa científica, no Instituto Santa Luzia, na abertura da feira científica dos estudantes. No dia 24, o liberalismo e os desafios da sociedade brasileira foi o tema de palestra que realizou na Escola de Negócios da PUCRS, promoção do Instituto Atlantos.

 

Estudantes de Direito da PUCRS acompanham sessão de julgamento do TART


A Pontifícia Universidade Católica do RS (PUCRS) sediou, no dia 24 de outubro, sessão inédita de julgamento da 1ª Câmara do Tribunal Administrativo de Recursos Tributários (TART). A sessão aconteceu no auditório da Escola de Direito da PUCRS e contou com uma plateia formada principalmente pelos estudantes do Curso de Direito, da Universidade.

Subordinado à Secretaria Municipal da Fazenda, o TART possui competência para decidir administrativamente, em segunda instância, sobre questões de natureza tributária envolvendo o Município de Porto Alegre e seus contribuintes. É integrado por 14 conselheiros, sendo oito servidores municipais e seis representantes de entidades da sociedade.

O coordenador da Sessão e presidente do TART, Mauro José Hidalgo Garcia, lembrou que a iniciativa faz parte do Programa de Educação Fiscal da Prefeitura de Porto Alegre e ressaltou a importância da participação dos estudantes, universidade e sociedade “para produzir o conhecimento da forma de atuação colegiada do Tribunal, que passa à população a segurança de que estão sendo tratados com justiça sobre a questão tributária”.

O presidente do Corecon-RS, economista Rogério Tolfo, elogiou a iniciativa do TART, "pois leva ao conhecimento dos estudantes e da sociedade os princípios mais básicos de justiça tributária promovidos pelo município de porto alegre".

O Corecon-RS ocupa uma cadeira no TART desde 2015, quando foi convidado pela Secretaria Municipal da Fazenda para integrá-lo. O órgão foi instalado pela Prefeitura Municipal em 14 de março de 2006.

Corecon-RS no Ciclo de Capacitação em Licitações

Servidores do Corecon-RS  estão participando do Ciclo de Capacitação em Licitações e Contratos Administrativos, promovido pela Mérito Assessoria de Licitações, que está acontecendo no auditório do Conselho Regional de Administração do RS. Nelza Cláudia de Oliveira Pacheco, Michelle de Lemos Gomes e a fiscal economista Inara dos Santos Bertat participaram do Módulo I, “Planejamento de Compras Públicas – Fase Interna”, que aconteceu de 8 a 10 de outubro último, e do Módulo II, “Licitações - A adoção das melhores práticas em cada uma das modalidades”, ocorrido nos dias 22 e 23.  Do Módulo III, que abordará “Gestão e Fiscalização de Contratos Administrativos”, nos dias 31 de outubro e 1 de novembro, participarão o assessor jurídico Dr. Alexandre Salcedo Biancini e a tesoureira Alini Cabral Queroga.

O Curso é ministrado pelo professor Paulo Roberto Teixeira, advogado e consultor na área de Licitações.

Segundo o presidente do Corecon-RS, economista Rogério Tolfo, a iniciativa tem como objetivo qualificar e atualizar os servidores da Entidade na área da administração pública, “conhecimento este de extrema importância para as atividades rotineiras desenvolvidas pelo Conselho”.

Corecon-RS promove Curso de Perícia e Assistência Técnica Econômico-Financeira

cartaz pericia rsO Corecon-RS, em parceria com o Cofecon, estará realizando, nos meses de novembro e dezembro próximo, Curso de Perícia e Assistência Técnica Econômico-Financeira, com duração total de 74 horas. Ministrarão os quatro módulos Luiz Rubin, Simone Magalhães, Tiago Jazynsky, Vanya Marcon e Marcos Kruse.

O objetivo do Corecon-RS é proporcionar a qualificação de profissionais economistas na área da perícia econômico-financeira, que vem crescendo em demandada no mercado de trabalho. 

As aulas acontecerão na sede da Fadergs (Rua Riachuelo, 1257 - Centro Histórico/Porto Alegre).

Maiores informações podem ser adquiridas na Secretaria do Corecon-RS, telefone 51-32542600 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

 

CartazCurrculosRS

PUCRS sediará Sessão do TART

A Prefeitura de Porto Alegre promove, no dia 24 de outubro, às 10 horas, no auditório da Escola de Direito da PUCRS (Av. I(piranga, 6681 – Prédio 11), Sessão de Julgamento da 1ª Câmara, do Tribunal Administrativo de Recursos Tributários (TART). A iniciativa faz parte do Programa de Educação Fiscal da PMPA.

Instalado em 14 de março de 2006, o Tribunal é o órgão com competência para decidir administrativamente, em segunda instância, sobre questões de natureza tributária envolvendo o Município de Porto Alegre e seus contribuintes. É integrado por 14 conselheiros, sendo oito servidores municipais e seis representantes de entidades da sociedade. O Corecon-RS ocupa uma cadeira no TART desde 2015, quando foi convidado pela Secretaria Municipal da Fazenda para integrá-lo.

Abertas inscrições para o “Prêmio Corecon-RS 2018”

 

Encontram-se abertas as inscrições para o “Prêmio Corecon-RS 2018”, nas modalidades Dissertação de Mestrado, Monografias ou Trabalhos de Conclusão de Curso e Artigos Técnicos ou Científicos.

A iniciativa visa premiar, anualmente, trabalhos de profissionais que atuam na área da economia, dos recém mestres dos cursos de Pós-Graduação em Economia e dos recém formados nos cursos de Graduação em Ciências Econômicas de Instituições de Ensino Superior no Estado do Rio Grande do Sul.
O prazo de encerramento das inscrições, nas três modalidades, assim como a data de entrega (e não a de postagem) ao Corecon-RS (Rua Siqueira Campos, 1184, 6º andar, Porto Alegre), é no dia 26 de outubro de 2018, até as 17h30, conforme informações de inscrições e regulamento no folder abaixo.


Maiores informações pelo fone (51) 3254.2608 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.


Acesse o regulamento do Prêmio Corecon-RS 2018

Três gaúchos entre os vencedores do Prêmio Brasil de Economia


Três economistas gaúchos estão entre os vencedores do XXIV Prêmio Brasil de Economia. Priscila Linck conquistou o primeiro lugar, na Categoria Monografia de Graduação, com o trabalho “A Dinâmica de movimento conjunto dos índices de preços das commodities: uma aplicação econométrica” (Unisinos); Ingrid Rafaele Rodrigues Leiria conquistou o terceiro lugar na Categoria Dissertação de Mestrado, com o trabalho “A racionalidade no mercado ilegal: O efeito da demanda de bens ilícitos na taxa de criminalidade do Rio Grande do Sul entre 2002 e 2015”; e Kalinca Léia Becker alcançou o segundo lugar na Categoria Artigo Técnico ou Científico, com o trabalho “Análise do efeito dos gastos públicos na área social sobre o consumo de drogas dos alunos nas escolas das capitais brasileiras”.

O presidente do Corecon-RS, economista Rogério Tolfo, lembra que os trabalhos de autoria das economistas Priscila Lick e Ingrid Leiria já haviam sido premiados durante a última edição do Prêmio Corecon-RS, e disse que “a Entidade recebe com muito orgulho mais este resultado do XXIV PBE, pois revela o alto nível das monografias e artigos que vêm sendo desenvolvidos dentro dos cursos de Economia das universidades gaúchas”.

A premiação dos primeiros colocados nas categorias monografias de graduação, dissertações de mestrado, teses de doutorado, artigos técnicos/científicos e livros de Economia ocorrerá durante o XXVI Simpósio Nacional dos Conselhos de Economia (SINCE), a ser realizado de 19 a 21 de setembro de 2018 em Porto Velho, Rondônia.

O objetivo do Prêmio Brasil de Economia, organizado pelo Cofecon, é estimular a reflexão crítica sobre a Economia como ramo de conhecimento, primando por seu caráter aplicado, especialmente nas questões ligadas a aspectos econômicos, sociais e regionais da sociedade brasileira e a sua inter-relação com o exercício da profissão de economista.

Confira a lista de vencedores:

Categoria Livro de Economia:

1º Lugar (Prêmio de R$ 8.000,00): Economista: Anita Kon – Registro: 07941-SP. Título: “Economia Industrial: Teorias e Estratégias”;
2º Lugar (Menção honrosa): Economista: Tiago Oliveira – Registro: 6149-DF. Título: “Trabalho e padrão do desenvolvimento: uma reflexão sobre a reconfiguração do mercado de trabalho brasileiro”;
3º Lugar (Menção honrosa): Economista: Gustavo Henrique de Barroso Franco – Registro: 12.614-RJ. Título: “A moeda e a lei: uma história monetária Brasileira, 1933 – 2013”.

Categoria Tese de Doutorado:

1º Lugar (Prêmio de R$ 7.000,00): Economista: Elizabeth Moura Germano de Oliveira – Registro: 6424-BA. Título: “A Economia do Conhecimento e uma nova forma de dependência no capitalismo brasileiro.”;
2º Lugar (Menção honrosa): Economista: João Marcos Hausmann Tavares – Registro: 27527-RJ. Título: “A Economia política da internacionalização financeira e tecnológica: uma análise das contribuições de François Chesnais e Maria da Conceição Tavares”;
3º Lugar (Menção honrosa): Economista: Lucas Vitor de Carvalho Sousa – Registro: 6961-DF. Título: “Estrutura de custos e efeitos de variáveis climáticas: uma análise para o setor de saneamento no Brasil”.

Categoria Dissertação de Mestrado:

1º Lugar (Prêmio de R$ 5.000,00): Economista: Laura Calvi Gomes – Registro: 8600-PR. Título: “Dois ensaios sobre a qualidade da educação e crescimento regional no Brasil”;
2º Lugar (Menção honrosa): Economista: Bruno Lacerda Zanatto – Registro: 36257-BA. Título: “Análise dos impactos da medida provisória nº 579 sobre os leilões de transmissão de energia elétrica no Brasil”;
3º Lugar (Menção honrosa): Economista: Ingrid Rafaele Rodrigues Leiria – Registro: 8383-RS. Título: “A racionalidade no mercado ilegal: O efeito da demanda de bens ilícitos na taxa de criminalidade do Rio Grande do Sul entre 2002 e 2015”.

Categoria Artigo Técnico ou Científico:

1º Lugar (Prêmio de R$ 3.000,00): O Economista: Jandir Ferrera de Lima – Registro: 5710-PR e Augusta Pelinski Raiher – Registro: 7148-PR. Título: “Desenvolvimento e subdesenvolvimento humano no Brasil”;
2º Lugar (Menção honrosa): Economista: Kalinca Léia Becker – Registro: 7029-RS. Título: “Analise do efeito dos gastos públicos na área social sobre o consumo de drogas dos alunos nas escolas das capitais brasileiras”;
3º Lugar (Menção honrosa): Economista: Benito Adelmo Salomão Neto – Registro: 8286-MG. Título: “Criação de municípios, ilusão fiscal e captura no Brasil: uma análise em painel.”

Categoria Monografia de Graduação (Estudante):

1º Lugar (Prêmio de R$ 3.000,00): Estudante: Priscila Linck. Título: A Dinâmica De Movimento Conjunto Dos Índices De Preços Das Commodities: Uma Aplicação Econométrica. Instituição: Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS);
2º Lugar (Menção honrosa): Estudante: Maylisson Rodrigo Fonseca. Título: “Diferenciais De Salário E Discriminação Por Gênero E Cor No Mercado De Trabalho Da Região Norte Do Brasil, Em 2004 E 2013”. Instituição: Universidade Estadual De Londrina – UEL.
3º Lugar (Menção honrosa): Estudante: Patrícia Sampaio Cotta. Título: Reconsiderando o Emprego Doméstico como Estratégia de Sobrevivência da Mulher Pobre no Brasil”. Instituição: Universidade Federal de Minas Gerais.

Para mais informações sobre o XVIV PBE, acesse aqui

Página 5 de 48