Estudante de Santa Catarina vence vence Gincana Nacional de Economia


O estudante catarinense Luís Eduardo Candiotto Tereza, da Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC), é o grande campeão da X Gincana Nacional de Economia. Ele superou outros oito rivais na final e ganhará um prêmio de R$ 2.500,00. Em segundo lugar ficou Rafael de Souza Teixeira, da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Ele receberá um prêmio de R$ 2.000,00. Gisele de Paiva Furieri, da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), foi a terceira colocada. Ela receberá um prêmio de R$ 1.500,00. O quarto lugar coube a Iure dos Santos Lima, da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Ele receberá um prêmio de R$ 1.000,00.

Para chegar à etapa nacional da Gincana, os estudantes primeiro venceram uma etapa regional, realizada no mês de julho. A fase nacional foi constituída por dois jogos, sendo um simulando o mercado imobiliário, disputado no dia 06, e outro simulando o mercado cambial, disputado hoje (07).

Nove estudantes alcançaram um lugar na grande final, realizada hoje (07). Eles voltaram a disputar os dois jogos. A classificação foi a seguinte:

1º SC – Luís Eduardo Candiotto Tereza;
2º MG – Rafael de Souza Teixeira;
3º ES – Gisele Paiva Furieri;
4º BA – Iure dos Santos Lima;
5º AM – Marcelo Lopes Serudo;
6º AM – Marília Campos de Oliveira;
7º RN – Wesley Macly Oliveira Marques;
8º SP – Angelo Laurencini Olimpieri Schutte;
9º AL – Ricardo Felipe da Silva.

Ao contrário de edições anteriores, quando a competição era disputada em duplas, a pandemia e a necessidade do isolamento social fizeram com que a disputa ocorresse de forma individual. A Gincana Nacional de Economia é disputada desde 2011 e realizada de forma paralela ao principal evento do Sistema Cofecon/Corecons no ano – o Simpósio Nacional dos Conselhos de Economia, nos anos pares, e o Congresso Brasileiro de Economia (que começa na próxima quarta-feira), nos anos ímpares. Em 2020, devido ao cancelamento do Simpósio, a Gincana também foi cancelada.

Fonte: Assessoria de Imprensa Cofecon

Clique AQUI para acessar matéria completa 

Morre ex-ministro do Plajenamento, economista João Sayad

O ex-ministro do Planejamento e professor de Economia, João Sayad, faleceu, no último domingo, dia 5 de setembro, no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde estava internado, há mais de um mês, para tratamento de um câncer. Primeiro ministro do Planejamento após a redemocratização do Brasil, Sayad participou da equipe que desenhou o Plano Cruzado, em 1986. Integrante do grupo conhecido como “novos economistas paulistas”, ao lado de José Serra, Luciano Coutinho e André Franco Montoro Filho, Sayad atuou também como consultor do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e chefiou a Secretaria de Finanças na prefeitura de São Paulo

Nascido em São Paulo, em 1945, Sayad formou-se em Economia na USP em 1967 e começou a lecionar já no dia seguinte. O primeiro cargo público foi assumido em 1983, quando aceitou ser secretário da Fazenda do então governador Franco Montoro. Os resultados obtidos em São Paulo e suas ligações políticas o cacifaram para ser o ministro do Planejamento de Tancredo Neves, que não viria a assumir o mandato. No governo de José Sarney, Sayad ajudou a formular o Plano Cruzado, que tinha o objetivo de combater a hiperinflação por meio da troca de moeda e do congelamento de preços, entre outras medidas. Também foi secretário de Finanças e Desenvolvimento Econômico durante a gestão petista de Marta Suplicy na Prefeitura de São Paulo, de 2001 a 2003. Quatro anos depois, na gestão de José Serra (PSDB) no governo do estado de São Paulo, foi secretário de Cultura e presidente a Fundação Padre Anchieta, que controla a TV Cultura.

Fonte: Jornal O Globo, Wickipedia

Prefeitura abre inscrições para vagas de residência para recém-formados em Economia e outros cursos

A Prefeitura de Porto Alegre está selecionando profissionais recém-formados em diversos cursos superiores, inclusive Economia, até o dia 17 de setembro próximo. Trata-se do Programa de Residência Técnico-Superior, cujo Edital foi publicado, pela Secretaria Municipal de Administração, na edição de 24 de agosto do Diário Oficial de Porto Alegre.

O processo seletivo simplificado será conduzido pelo Instituto Consulplan. As provas ocorrem de forma on-line, com data prevista para 10 de outubro deste ano e abrangem conhecimentos específicos referentes a cada área de atuação. As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pela Internet.

Para concorrer, o candidato pode ser formado há, no máximo, cinco anos. Os residentes aprovados cumprem carga horária semanal de 30 horas e recebem bolsa-auxílio de R$ 2.500. A iniciativa tem validade de um ano, podendo ser prorrogada por igual período.

Segundo o secretário da Administração e Patrimônio de Porto Alegre, André Barbosa, a iniciativa contribui na formação dos profissionais que recém ingressaram no mercado de trabalho. “A Administração fornecerá uma experiência única aos residentes, que poderão conhecer internamente o funcionamento da máquina pública municipal, além de receberem remuneração, e em contrapartida contará com serviços qualificados tecnicamente”, finaliza.

Criado pela lei nº 12.662/2020, o Programa de Residência Técnico Superior envolve atividades teóricas e práticas, compreendendo ensino, pesquisa e extensão, e o auxílio aos servidores com formação técnico-superior no desempenho de suas atribuições institucionais, com acompanhamento realizado pela Escola de Gestão Pública, em conjunto com a Secretaria à qual o residente esteja vinculado.

Clique AQUI para maiores informações

Matéria: Ascom/PMPA

Eleições 2021 Corecon-RS

Eleições 2021

Conforme Edital de Convocação de Eleições publicado no dia 13 de agosto do corrente ano, no Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul , o Conselho Regional de Economia 4ª Região/RS, torna público que nos dias 27, 28 e 29 de outubro de 2021 estará realizando as eleições para Renovação de terço de membros deste Conselho, sendo 03 (três) Conselheiros Efetivos, 03(três) Conselheiros Suplentes, 01(um) Delegado-Eleitor Efetivo e 01(um) Delegado-Eleitor Suplente, junto ao Colégio eleitoral do COFECON.

Informamos que o prazo para as inscrições de chapas se encerra às 17h00min do dia 14.09.2021, na sede do CORECON/RS, situada na Rua Siqueira Campos, 1184, 6º andar, cj 601 a 606, Centro Histórico, Porto Alegre/RS.

Na oportunidade, informamos que todos os documentos pertinentes às eleições, encontram-se disponíveis pra download abaixo:

FICHA DE INSCRIÇÃO DE CHAPA - BAIXAR


REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO DE CHAPA - BAIXAR

COLÉGIO ELEITORAL PROVISÓRIO

CARTILHA ELEITORAL 2021 - BAIXAR

Publicação DOE-RS

Extrato edital de eleições 2021

Clique AQUI para acessar todas as informações no Site "Eleições"

Bate-papo de Finanças faz análise da conjuntura econômica deste 1º semestre

No próximo dia 09 de setembro, o Tesouro do Estado promove, em parceria com o CoreconRS, o seu tradicional Bate-Papo de Finanças. O tema desta edição é a Conjuntura Econômica do 1º semestre de 2021. O evento contará com a abertura do Subsecretário do Tesouro, Bruno Jatene e do presidente do CoreconRS, economista Mário de Lima. Os painelistas convidados são Maria Juliana Fabris, analista e coordenadora do Departamento Econômico do Banco Central em Porto Alegre e Fernando Lara, economista da Divisão de Estudos Econômicos e Fiscais e Qualidade do Gasto/Tesouro e professor da Unisinos.

Fernando Lara antecipa que deverá abordar questões relativas a certos preços como os dos combustíveis e dos alimentos e os reflexos disso no processo de recuperação das economias brasileira e gaúcha. Lara destaca, por exemplo, o indicador que sinaliza o valor das principais culturas da agropecuária do RS, conforme o gráfico abaixo. Em função dos bons resultados da produção, dos movimentos da taxa de câmbio e dos preços internacionais, este indicador ilustra como o setor vem experimentando uma dinâmica muito favorável ao longo dos últimos meses.


 

Lara também chama a atenção para o comparativo de setores. “Os dados relativos à atividade econômica divulgados pela Sefaz/RS mostram que a indústria do RS também encontra-se em um processo bastante forte de recuperação, com grande participação de máquinas agrícolas. Isto contrasta com o desempenho do comércio e do mercado de trabalho, que também voltaram a apresentar evolução, porém de forma mais lenta”, analisa. Para o economista, a palavra-chave que define a situação conjuntural é contraste.


grafico 2

O evento acontece das 14 às 16 horas e será transmitido, de modo aberto, nas páginas do Facebook da Secretaria da Fazenda e do CoreconRS.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa/Tesouro do Estado RS

PUCRS realiza colação de grau dos novos bacharéis de Economia

O Curso de Ciências Econômicas da Pontifícia Universidade Católica do RS (PUCRS), realizou, no dia 27 de agosto, a solenidade de diplomação dos alunos do Curso de Ciências Econômicas. A solenidade aconteceu no formato híbrido, com formandos em modo presencial, no Salão de Atos Irmão Norberto Rauch, e online. O representante do Corecon-RS na solenidade, o professor e economista Gustavo Inácio de Moraes, participou da solenidade, juntamente com os demais professores e homenageados, em formato online.

Os novos bacharéis são Matheus Tirelli Rocha de Carvalho, Andrew Machado Fonseca, Carlo Rosa Rodrigues de Freitas, Gustavo Silva Peixoto, Ivana Carla Strapazzon, Karine Chagas Flores, Lídia Eckert Reckziegel, Luciano da Costa Monteiro, Matheus Teixeira Rodrigues, Rodrigo Bastos Moreira e Tiago Cernicchiaro Deos.

Na foto, ao lado dos pais, o formando Carlo Rosa Rodrigues de Freitas, Aluno Destaque da turma, com a homenagem do Corecon-RS, ao lado de seus pais.

Economista Francisco Barcelos assume Direção do CEAPE do TCE-RS


O economista Francisco Barcelos assumirá, no dia 9 de setembro, às 18h30min, a Direção Administrativo-Financeira do Centro de Auditores Públicos Externos do Tribunal de Contas do Estado do RS (CEAPE), entidade que congrega os auditores do TCE-RS.

Francisco Barcelos é graduado pela Universidade Federal do RS (UFRGS), com especialização em gestão financeira e controladoria. É Auditor Público Externo do TCE-RS desde 2012, com experiência profissional no Banrisul, AGERGS e Assembleia Legislativa.

A solenidade acontecerá em formato on line, pelo endereço da eletrônico da sala Zoom https://us02web.zoom.us/j/89509144074

A presença deverá ser confirmada até o dia 8 de setembro, pelo email @Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Economia da UCS promove o XIX ESAES

O Curso de Ciências Econômicas da Universidade de Caxias do Sul (UCS) promove, nos dias 6 e 7 de outubro de 2021, o XIX Encontro sobre os Aspectos Econômicos e Sociais da Região Nordeste do RS (ESAES). O evento, que tem o apoio do Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade, será realizado em formato online, através da plataforma do GoogleMeet.

Segundo a coordenadora do Curso de Economia da Universidade, professora e economista Maria Jacqueline Corá, esta edição do ESAES, que é considerado o maior evento sobre a Região Nordeste do RS, tem o objetivo de oportunizar aos acadêmicos e pesquisadores das áreas de Economia, Administração, Direito, Comunicação, Turismo, entre outras, um espaço de discussão em que possam apresentar suas mais recentes produções científicas voltadas ao tema central deste ano, Desenvolvimento e Sustentabilidade: a Nova Ordem a partir do Covid-19.

Participam da coordenação do XIX ESAES as professoras Jacquelina Maria Corá, Lodonha Maria Portela Soares, Maria Carolina Gullo e Cleide Calgaro. A Comissão Organizadora é formada pelos professores Bianca Bevilaqua, Débora Bós e Silva, Kamilla Ercolani, Maria Eduarda Alvares, Renato Susin e Talissa Reato.

Clique aqui para mais informações sobre o XIX ESAES 

Posse da terra é tema do Economia 5 e Meia, da PUCRS

O Programa de Pós-Graduação em Economia do Desenvolvimento da PUCRS promove, nesta quinta-feira, dia 26, às 17h30min, dentro do Programa "Economia 5 e Meia", palestra do professor Carlos Caldarelli, da UEL, sobre "A posse da terra e o desenvolvimento rural no Brasil: elementos teóricow e empíricos".

A transmissão será pelo facebook da Escola de Negócios, 
https://facebook.com/EscoladeNegociosdaPUCRS

Prefeito de Porto Alegre sanciona Programa RecuperaPoA


O prefeito de Porto Alegre Sebastião Melo sancionou, no dia 19 de agosto, o Programa de Recuperação Fiscal de Porto Alegre (RecuperaPoA). A solenidade, que contou com a participação da imprensa, aconteceu no Salão Nobre do Palácio Municipal, e contou com a participação do vice-prefeito Ricardo Gomes, do secretário da Fazenda, Rodrigo Fantinel, e demais autoridades. O Programa prevê descontos de 90% a 50% das multas e juros das dívidas de tributos, entre eles, o Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS), Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis e de Direitos Reais a eles Relativos (ITBI), Taxa de Coleta de Lixo (TCL), Taxa de Fiscalização de Localização e Funcionamento (TFLF), além de créditos de natureza não tributária inscritos em dívida ativa.

O secretário da Fazenda Rogrigo Fantinel afirmou que o objetivo principal é ajudar na recuperação econômica das empresas e, por consequência, do Município. “Tanto nossas empresas como as pessoas físicas tiveram uma redução significativa de renda durante a pandemia, e a Prefeitura de Porto Alegre está estendendo a mão para, juntos, vencermos esse momento difícil pelo qual estamos passando”.

Conforme dados da Secretaria Municipal da Fazenda (SMF), a dívida ativa apresenta um estoque de R$ 2,68 bilhões, em 31 de julho de 2021. De ISS são R$ 1,28 bilhão. Em relação ao IPTU e à TCL este valor atinge os R$ 1,01 bilhão. Também compõem o total de dívida ativa R$ 127,86 milhões de ITBI, R$ 236,54 milhões de débitos não tributários e R$ 15,75 milhões de TFLF.

Os benefícios preveem a redução dos valores dos juros e multa, na ordem de 90% para pagamento à vista e de até 75% para pagamento parcelado. Em contrapartida, conforme a SMF, deverá ocorrer um aumento na arrecadação de valores de IPTU/TCL que não vêm sendo recolhidos e de valores do ISS através de novas confissões de dívida dos contribuintes.

Segundo o secretário Adjunto da Fazenda, economista Bruno Breyer Caldas, a regularização dos débitos junto à prefeitura em condições favoráveis é fundamental para destravar a retomada econômica, os negócios e os investimentos, “todos altamente dependentes de linhas de crédito, cujos juros cobrados reduzem-se com a positivação das empresas junto aos entes públicos”.

As negociações poderão ser feitas pela página prefeitura.poa.br/recuperapoa. A ferramenta apresentará todas as possibilidades para o contribuinte escolher qual o melhor plano de pagamento. O prazo para adesão será de 1° de setembro a 29 de outubro para dívidas de ISS, ITBI, DNT e TFLF. E de primeiro de outubro a 30 de novembro para IPTU e Taxa de Coleta de Lixo.

Para maiores informações, acesse o Site da SMF/PoA https://prefeitura.poa.br/recuperapoa

Fonte: Jornalista Adriana Ferrás (Ascom/SMF); Assimp/Corecon-RS
Foto: Alex Rocha (PMPA)

Página 2 de 90