Corecon-RS entrega prêmios nesta terça-feira, dia 22, às 19h30min

 

Conselho Regional de Economia (Corecon-RS) faz a entrega de premiações, na modalidade online, nesta terça-feira, dia 22, aos autores das melhores Monografias, Artigos Técnicos e Dissertações de Mestrado. Na oportunidade, também serão entregues os prêmios às melhores reportagens de Economia do Ano, além das distinções “Economista do Ano” a André Nunes de Nunes, “Economista Destaque do Ano-Prêmio Roberto Camps de Moraes” a Giácomo Balbinotto Neto, e “Jornalista de Economia do Ano” a Leonardo Vieceli. O evento será transmitido pela página do Corecon-RS no facebook, com início marcado para as 19h30min.

  

PRÊMIO CORECON-RS 2020

Economista do Ano 2020
André Nunes de Nunes

 

Economista Destaque do Ano-Prêmio Roberto Camps de Moraes
Giácomo Balbinotto Neto

Jornalista de Economia do Ano
Leonardo Vieceli

 

 

MONOGRAFIAS OU TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO
1º Lugar
"A teoria do sistema dual aplicada ao processo de tomada de decisão: um experimento com mapeamento cognitivo cerebral"
Autora: Bruna Rabaiolli Rugeri
Orientadora: Cleide Fátima Moretto
Universidade de Passo Fundo - UPF
2º Lugar
"Análise do impacto econômico do rompimento do Reino Unido com a
União Européia (BREXIT) por meio do modelo de equilíbrio geral computável"
Autor: Marcos Vinícios dos Santos Soares
Orientadora: Angélica Massuquetti
Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS
3º Lugar
"Análise comparativa entre Small Caps e Big Caps na bolsa de valores brasileira"
Autor: Igor Verdi Pasquali
Orientador: Mosar Leandro Ness
Universidade de Caxias do Sul - UCS
Menção Honrosa
"Educação financeira: o conhecimento dos jovens em relação ao uso das
linhas de crédito oferecidas no mercado financeiro nacional"
Autora: Janaina Rosane Willig
Orientadora: Jacqueline Maria Corá
Universidade de Caxias do Sul - UCS
"Análise da competitividade do setor calçadista brasileiro comparando-o com países selecionados"
Autor: Gustavo Pereira Moreira
Orientador: Marcos Tadeu Caputi Lélis
Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS

ARTIGOS TÉCNICOS OU CIENTIFICOS
"Do Foreign Portfolio Capital Flows Affect Domestic Investment? Evidence from Brazil"
Autor: Jéfferson Augusto Colombo
Co-Autores:
João Frois Caldeira
Tiago Rodrigues Loncan

DISSERTAÇÕES DE MESTRADO
1º Lugar
"Transporte coletivo e externalidades ambientais: o legado olímpico do Rio de Janeiro"
Autor: Mateus Bandeira da Cunha
Orientador: Sabino da Silva Porto Junior
Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
2º Lugar
"Complexidade na escolha do curso de graduação e o uso de
heurísticas e vieses como mecanismos de decisão"
Aluno: Mateus Feld
Orientador: Tiago Wickstrom Alves
Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS
3º Lugar
"Serving three masters: optimal monetary and regulatory policies
when Central Bankers have career concerns"
Autor: Alexandre Fogaça Damo
Orientador: Marcelo de Carvalho Griebeler
Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
Menção Honrosa
"Violência: um análise do bullying juvenil e da violência doméstica contra mulher"
Autora: Julia Sbroglio Rizzotto
Orientador: Marco Tulio Aniceto França
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS

PRÊMIO REPORTAGEM DE ECONOMIA 2020

Mídia Impressa
(Jornal/Revista)

1º Lugar
“Pacote do governo do Estado para as finanças públicas”
Mauren de Souza Xavier dos Santos
(Correio do Povo)

2º Lugar
“Brasil tem mais uma década perdida, a pior em 120 anos”
Leonardo Vieceli
(Jornal Zero Hora)

3º Lugar
“Recursos gerados pela ‘Economia do Mar’ na mira dos gaúchos”
Jefferson Klein
(Jornal do Comércio)

Menção Honrosa
Série “Futuro da Economia”
Juliana Bevilaqua + Ciro Fabres, Marcelo Mugnol, Mateus Frazão
(Jornal Pioneiro)

Radiojornalismo

1º Lugar
Reportagem especial "Seguros x Pandemia"
Eduardo Matos
(Rádio Gaúcha)

2º Lugar
“As crises que venci”
Babiana Mugnol
(Rádio Gaúcha)

Mídia Digital (OnLine)

1º Lugar
“Vidas Secas – Como a estiagem mudou a rotina em 10 municípios do RS”
Fernando Soares
(Jornal Zero Hora)

2º Lugar
Entenda como o menor crescimento populacional impacta a economia no RS”
Leonardo Vieceli
(Jornal Zero Hora)

 

 

Corecon-RS divulga “Jornalista de Economia do Ano” e melhores reportagens de Economia

O jornalista Leonardo Vieceli, do Jornal Zero Hora, foi escolhido o Jornalista de Economia do Ano. Outorgado pelo Conselho Regional de Economia do RS (Corecon-RS), o Prêmio é uma homenagem a um jornalista que se destacou na área de Economia durante o ano. A escolha do nome é feita, anualmente, pelo Corecon-RS e pelas de faculdades gaúchas que oferecem o curso de Jornalismo no Rio Grande do Sul.

Natural da cidade de Feliz, no Rio Grande do Sul, com 27 anos de idade, Leonardo Vieceli, é jornalista graduado pela Unisinos, onde estudou de 2012 a 2016. Trabalha desde 2015 em Zero Hora. Ingressou no jornal como assistente de conteúdo e hoje é repórter da editoria de Notícias, com foco na cobertura de economia. Também escreve para a coluna + Economia, como interino, e para o site GZH, além de colaborar com a Rádio Gaúcha. Durante a graduação, estudou por seis meses Comunicação Social na Universidad de Deusto (País Basco, Espanha).

O Corecon-RS divulgou, também, os vencedores do “Prêmio de Reportagem de Economia 2020”, uma distinção tem como objetivo valorizar trabalhos jornalísticos, sobre a economia gaúcha, produzidos por profissionais em atividade no Estado, nas áreas da mídia impressa, mídia digital e radiojornalismo.

Solenidade Online de entrega dos Prêmios
será realizada na próxima terça-feira, dia 22

A solenidade de entrega dos prêmios, em formato online, será realizada na próxima terça-feira, dia 22, às 19h30min, com transmissão na página do Corecon-RS no facebook. Na oportunidade, também serão homenageados o "Economista do Ano”, o "Economista Destaque do Ano-Prêmio Roberto Camps de Moraes", e os vencedores do "Prêmio Corecon-RS 2020" – distinção às melhores dissertações de Mestrado, artigos técnicos ou científicos e monografias ou trabalhos de conclusão de Curso. 

 

JORNALISTA DE ECONOMIA DO ANO

LEONARDO VIECELI
(Jornal Zero Hora)

 

PRÊMIO REPORTAGEM DE ECONOMIA 2020

Mídia Impressa
(Jornal/Revista)

1º LUGAR

“Pacote do governo do Estado para as finanças públicas”
Mauren de Souza Xavier dos Santos
(Correio do Povo)

2º LUGAR

“Brasil tem mais uma década perdida, a pior em 120 anos”
Leonardo Vieceli
(Jornal Zero Hora)

 3º LUGAR

“Recursos gerados pela ‘Economia do Mar’ na mira dos gaúchos”
Jefferson Klein
(Jornal do Comércio)

Menção Honrosa

Série “Futuro da Economia”
Juliana Bevilaqua + Ciro Fabres, Marcelo Mugnol, Mateus Frazão
(Jornal Pioneiro)


Radiojornalismo

1º LUGAR

Reportagem especial "Seguros x Pandemia"
Eduardo Matos
(Rádio Gaúcha)

2º LUGAR
“As crises que vivi”
Babiana Mugnol
(Rádio Gaúcha)


Mídia Digital (OnLine)

1º LUGAR

“Vidas Secas – Como a estiagem mudou a rotina em 10 municípios do RS”
Fernando Soares
(Jornal Zero Hora)

2º LUGAR

“Entenda como o menor crescimento populacional impacta a economia no RS”
Leonardo Vieceli
(Jornal Zero Hora)

 

 

Giácomo Balbinotto Neto recebe o título “Economista Destaque do Ano - Prêmio Roberto Camps de Moraes”

 

O economista e professor Giácomo Balbinotto Neto foi escolhido “Economista Destaque do Ano 2020”, com a distinção “Prêmio Roberto Camps de Moraes”. A iniciativa, do Conselho Regional de Economia do RS (Corecon-RS), é um reconhecimento à trajetória do professor da Universidade Federal do RS (UFRGS), que tem um dos principais focos de atuação na Economia da Saúde, especialmente neste ano em que o tema ganhou destaque no mundo da Economia. 

Giácomo Balbinotto Neto Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, mestrado em Economia pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Econômicas e doutorado em Economia pela Universidade de São Paulo. Atualmente é Professor Associado IV da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Pesquisador do Instituto de Avaliação de Tecnologias em Saúde da UFRGS (IATS/UFRGS) e professor de Economia da Saúde do PPGE/UFRGS. Orientador de Doutorado e mestrado. Suas linhas de pesquisa são Economia da Saúde, Avaliação de Tecnologia em Saúde, Economia dos transplantes e Farmacoeconomia.

O Corecon-RS divulgou, também, os vencedores do “Prêmio Corecon-RS 2020”, nas modalidades Dissertação de Mestrado, Artigos Técnicos ou Científicos e Monografias ou Trabalhos de Conclusão de Curso. A iniciativa visa premiar, anualmente, trabalhos de profissionais que atuam na área da economia, dos recém mestres dos cursos de Pós-Graduação em Economia e dos recém formados nos cursos de Graduação em Ciências Econômicas de Instituições de Ensino Superior no Estado do Rio Grande do Sul.

Solenidade Online de entrega dos Prêmios
será realizada na próxima terça-feira, dia 22

A solenidade de entrega dos prêmios, em formato online, será realizada na próxima terça-feira, dia 22, às 19h30min, com transmissão na página do Corecon-RS no facebook. Na oportunidade, também serão homenageados o "Economista do Ano”, o “Prêmio Corecon-RS de Reportagens de Economia 2020” - distinção às melhores reportagens de Economia do RS, nas áreas de mídia impressa, radiojornalismo e mídia digital -, e o “Prêmio Jornalista de Economia do Ano”.

Acesse aqui para conferir os trabalhos vencedores do Prêmio Corecon-RS 2020

 

Trabalhos vencedores do "Prêmio Corecon-RS 2020"

MONOGRAFIAS OU TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO

1º Lugar
 "A teoria do sistema dual aplicada ao processo de tomada de decisão: um experimento com mapeamento cognitivo cerebral" 
Autora: Bruna Rabaiolli Rugeri
Orientadora: Cleide Fátima Moretto
Universidade de Passo Fundo - UPF

2º Lugar

"Análise do impacto econômico do rompimento do Reino Unido com a
União Européia (BREXIT) por meio do modelo de equilíbrio geral computável" 
Autor: Marcos Vinícios dos Santos Soares
Orientadora: Angélica Massuquetti
Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS

3º Lugar

"Análise comparativa entre Small Caps e Big Caps na bolsa de valores brasileira"
Autor: Igor Verdi Pasquali
Orientador: Mosar Leandro Ness
Universidade de Caxias do Sul - UCS

 Menção Honrosa 

"Educação financeira: o conhecimento dos jovens em relação ao uso das
linhas de crédito oferecidas no mercado financeiro nacional"
Autora: Janaina Rosane Willig
Orientadora: Jacqueline Maria Corá
Universidade de Caxias do Sul - UCS

"Análise da competitividade do setor calçadista brasileiro comparando-o com países selecionados" 

Autor: Gustavo Pereira Moreira
Orientador: Marcos Tadeu Caputi Lélis
Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS

 

ARTIGOS TÉCNICOS OU CIENTIFICOS

"Do Foreign Portfolio Capital Flows Affect Domestic Investment? Evidence from Brazil"
Autor: Jéfferson Augusto Colombo
Co-Autores:
João Frois Caldeira
Tiago Rodrigues Loncan

 

DISSERTAÇÕES DE MESTRADO 

1º Lugar 
"Transporte coletivo e externalidades ambientais: o legado olímpico do Rio de Janeiro"
Autor: Mateus Bandeira da Cunha
Orientador: Sabino da Silva Porto Junior
Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS

2º Lugar
"Complexidade na escolha do curso de graduação e o uso de
heurísticas e vieses como mecanismos de decisão"
Aluno: Mateus Feld
Orientador: Tiago Wickstrom Alves
Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS

3º Lugar
"Serving three masters: optimal monetary and regulatory policies
when Central Bankers have career concerns"
Autor: Alexandre Fogaça Damo
Orientador: Marcelo de Carvalho Griebeler
Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS

 Menção Honrosa 

"Violência: um análise do bullying juvenil e da violência doméstica contra mulher" 
Autora: Julia Sbroglio Rizzotto
Orientador: Marco Tulio Aniceto França
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS

 

André Nunes de Nunes é escolhido Economista do Ano



O economista André Nunes de Nunes foi escolhido, nesta terça-feira, dia 15, o Economista do Ano 2020. A iniciativa, do Conselho Regional de Economia do RS (Corecon-RS), é um reconhecimento a economistas que atuam nos mais diferentes campos da profissão, engajados em atividades dos setores privado ou público, academia ou profissionais autônomos, no Rio Grande do Sul, e que tenham se destacado por sua contribuição no fortalecimento do desenvolvimento econômico regional ou nacional, através de análises críticas e inovadoras sobre assuntos relevantes e de interesse público. 

Os candidatos ao “Prêmio Economista do Ano” são indicados por entidades públicas, privadas, universidades e entidades de categoria, como associações e sociedades, entre outras, sediadas no Rio Grande do Sul. A Comissão Julgadora é independente e formada por nove economistas com atuação profissional no âmbito do Rio Grande do Sul, sendo três representantes do setor público, três do setor privado e três do setor acadêmico.

Graduado em Economia pela Universidade Federal do RS (UFRGS), Doutor em Economia Aplicada pela UFRGS. Atualmente é Economista-chefe da Federação das Indústrias do Estado do RS (Fiergs) e Coordenador do Comitê de Investimentos da Sociedade de Previdência Privada do RS (InduspreviRS).

Solenidade Online de entrega dos Prêmios 
será realizada na próxima terça-feira, dia 22

A solenidade de entrega do Prêmio, em formato online, será realizada na próxima terça-feira, dia 22, às 19h30min, com transmissão na página do Corecon-RS no facebook. Na oportunidade, também serão homenageados o "Economista Destaque do Ano - Prêmio Roberto Camps de Moraes", os vencedores do “Prêmio Corecon-RS 2020” – distinção às melhores dissertações de Mestrado, artigos técnicos ou científicos e monografias ou trabalhos de conclusão de Curso –, o “Prêmio Corecon-RS de Reportagens de Economia 2020”, que homenageia as melhores reportagens de Economia do RS, nas áreas de mídia impressa, radiojornalismo e mídia digital e, ainda, será entregue o “Prêmio Jornalista de Economia do Ano/2020”.  

Acesse aqui para conferir os trabalhos vencedores do Prêmio Corecon-RS 2020

 

Falecimento do professor Roberto Camps de Moraes

 

É com pesar que comunicamos o falecimento do economista e professor Roberto Camps de Moraes, ocorrido na noite de sexta-feira, 11 de dezembro, em decorrência de um infarto. O velório aconteceu no sábado, dia 12, na Capela 07, do Cemitério João XXIII, onde ocorreu seu sepultamento.

Roberto Camps de Moraes era graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1971) e, também, em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1971). Nos anos de 1972 e 1973, ele cursou e concluiu o mestrado em Economia da UFRGS, tendo a sua turma sido a primeira deste programa. Foram concedidas três bôlsas para doutorado em Economia nos EUA para os três melhores desempenhos. Por esta razão, sequencialmente, ele cursou, durante o período 1974 a 1978, as disciplinas que eram pré-requisitos para a obtencão do doutorado na Universidade de Vanderbilt, EUA. Durante este processo, obteve automaticamente o título de Master of Arts em Economia e um diploma de curso de especializacão em Desenvolvimento Economico. Em 1978, foi obrigado por lei a voltar ao Brasil, depois de ter sido aprovado nos quatro exames de qualificacão necessários e defendido a proposta de dissertacão de doutorado. Só veio a defender a dissertacão em 1986, após concluí-la no Brasil. Foi professor da UFRGS, desde 1972, vindo a se aposentar em 2005. Neste mesmo ano, retornou à Academia, como professor titular da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), onde ficou até o ano de 2009, atuando principalmente em temas, como conjuntura econômica, teoria macroeconômica, politica monetaria, inflação e política de estabilização.

Nascido em 14 de junho de 1948, na cidade de Recife, em Pernambuco, Roberto Camps de Moraes era casado com a economista Maria Heloísa Lenz.

Economista gaúcho assume como Editor-Chefe da Revista de Economia e Sociologia Rural

 

O economista e professor Daniel Arruda Coronel assumirá, no começo de janeiro, como editor chefe da Revista de Economia e Sociologia Rural, considerada umas das melhores revistas de economia, administração e sociologia rural do país, com mais de cinquenta anos em circulação. 

A Revista de Economia e Sociologia Rural (RESR) é uma publicação mantida pela Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural (Sober) há mais de 30 anos. Os colaboradores e leitores da RESR são professores, pesquisadores de empresas públicas, alunos de pós-graduação e profissionais de mercado.

Os artigos publicados pela RESR são trabalhos originais, escritos em português ou inglês, de natureza científica sobre assuntos relacionados à agricultura, à agroindústria e às questões rurais. A RESR é publicada trimestralmente e cobre uma variedade de tópicos relacionados à agricultura,  como economia e gestão do agronegócio; comercialização, mercados e preços; políticas macroeconômicas e agronegócio; comércio internacional do agronegócio; agropecuária, meio ambiente e desenvolvimento sustentável; estrutura e dinâmica dos sistemas agroalimentares e cadeias agroindustriais; agricultura familiar e regularidade.familiar e ruralidade.

Daniel Coronel é professor associado do Departamento de Economia e Relações Internacionais (DERI-UFSM), com atuação como docente nos programas de Pós-Graduação (Stricto sensu) em Gestão de Organizações Públicas, de Administração Pública, de Agronegócios e de Economia e Desenvolvimento. Atualmente é diretor da Editora UFSM, editor chefe da Revista Práticas em Administração Pública e editor de área da Revista Ciência Rural.

Clique aqui para acessar a Revista

Economista gaúcho participa da reunião anual da SciELO

coronel1O economista Daniel Arruda Coronel, professor Associado do Departamento de Economia e Relações Internacionais da Universidade Federal de Santa Maria, membro do Comitê Editorial do periódico Revista de Economia e Sociologia Rural e Editor Associado do periódico Ciência Rural, será um dos comentaristas da Reunião Anual SciELO 2020, que acontecerá nesta sexta-feira, dia 10. O Encontro reunirá pesquisadores de todo o País para discutirem os avanços e perspectivas da Scientific Electronic Library Online, biblioteca eletrônica que abrange uma coleção selecionada de periódicos brasileiros.

O Projeto tem por objetivo o desenvolvimento de uma metodologia comum para a preparação, armazenamento, disseminação e avaliação da produção científica em formato eletrônico.

A SciELO é o resultado de um projeto de pesquisa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), em parceria com o Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Bireme). A partir de 2002, o Projeto conta com o apoio do CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.


Acesse o link para maiores informações http://eventos.scielo.org/ixreuniaoscielo/programa/

LIVE: "Bitcoin: O que é, como funciona e sua importância", com os economistas Marcos Calheiros, André LLantada de Moura, Francisco Dal Ri e Newton da Silva Marques


Os economistas MARCOS ANTÔNIO MOREIRA CALHEIROS (Presidente do Sindecon-AL e do Corecon-AL), ANDRE LUIS LLANTADA DE MOURA (Gestor financeiro, trader do mercado de capitais), FRANCISCO EDUARDO KÖHLER DAL RI (Agente autônomo de investimentos, sócio da Capse Investimentos) e NEWTON FERREIRA DA SILVA MARQUES (Economista aposentado do Banco Central, professor da UnB), participam de live, nesta terça-feira, dia 8, às 19 horas. Abordarão o tema "Bitcoin:  O que é, como funciona e sua importância", dentro do projeto “Força-tarefa: economistas falam à sociedade gaúcha”, promovido pelo Corecon-RS.

Transmissão simultânea
www.facebook.com/coreconrs
youtube.com/c/CoreconRS2020

 

 

 

Currículos

Andre Luis LLantada de Moura
Economista do Corecon, pós-graduado em Finanças. Gestor financeiro e trader do mercado de capitais.

Francisco Eduardo Köhler Dal Ri

Economista e Agente Autônomo de Investimentos, sócio da Capse Investimentos.

Marcos Antônio Moreira Calheiros

Graduado em Ciências Econômicas e em Direito. Pós graduação em análise e acompanhamento de projetos industriais (BNB/Abde), pós-graduação em Marketing (Universidade de Évora), Mestrado em Planejamento estratégico e Marketing (Universidade de Évora). Foi vice-presidente da Fenecon, conselheiro do Cofecon e Vogal da Junta Comercial. É professor de Introdução ao Direito no Cefal, presidente do Corecon-AL e presidente do Sindecon-AL.

Newton Ferreira da Silva Marques

Economista, com mestrado e doutorado em economia. Professor licenciado da Universidade de Brasilia. Membro do Corecon-DF. Economista aposentado do Banco Central do Brasil.

 

Ex-Conselheiro do Corecon-RS, Adiló Didomenico, eleito Prefeito de Caxias do Sul

 

Ex-Conselheiro do Corecon-RS, economista Adiló Ângelo Didomenico, foi eleito Prefeito Municipal de Caxias do Sul. O candidato do PSDB comandará, nos próximos quatro anos, a segunda maior cidade do Estado, pela primeira vez. Didomenico foi conselheiro do Corecon-RS no triênio 2009/2011.

Nascido em 8 de março de 1952, na cidade de Marau-RS, Adiló Didomenico, é vereador pela cidade de Caxias do Sul e teve como foco o desenvolvimento de projetos nas áreas de mobilidade urbana e de edificações.

Em Caxias do Sul, por 37 anos, foi comerciante. Em 1974, começou a militar na política estudantil. Na reorganização nacional do PTB, ajudou na fundação do partido, em Caxias, em 1988. Em três oportunidades, presidiu o PTB caxiense, do qual faz parte do prefCaxias2diretório. De 1989 a 1997, presidiu o Conselho Administrativo da Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca). Entre janeiro de 2005 e 31 de março de 2012, atuou como diretor-presidente da Codeca. Em 2012, elegeu-se para o primeiro mandato, como vereador, ao obter 6.324 votos. No início de 2013, licenciou-se das atividades parlamentares, para assumir como secretário municipal de Obras e Serviços, cargo onde ficou até o final de março de 2016. Com 5.481 votos, reelegeu-se para a XVII Legislatura (2017-2020). Em abril de 2020, mudou de partido, passando do PTB para o PSDB. (Fonte Jornal Pioneiro).

Na foto, Didomenico, acompanhado pelo então presidente do Corecon-RS, Rogério Tolfo, a professora Jacqueline Maria Corá, e o conselheiro Aristóteles Galvão, durante evento na Universidade de Caxias do Sul (UCS).

 

Página 2 de 77