slogan

SELO ENEF RGB 01

"A ética é o grande desafio da atualidade", afirma economista

 

valtuir

O auditor público externo do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RS), economista Valtuir Pereira Nunes, proferiu palestra aos alunos do curso de Ciências Econômicas da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), na última terça-feira, dia 5. Falou sobre “Dimensão ética e social da carreira”, aos estudantes do Campus da Unisinos Boa Vista. 

Valtuir Nunes, que também é assessor da Presidência do TCE/RS, iniciou sua apresentação fazendo uma conexão da área da economia com a ética e a política, e com a sociedade. Apresentou uma analogia do estado como um grande condomínio, onde todos os seus integrantes têm as mesmas responsabilidades, direitos e obrigações. Abordou temas, como repartição dos tributos, justiça fiscal, política, corrupção, transparência e o papel do estado para promover o desenvolvimento social e econômico.

O economista lembrou que o país está passando por um momento de transição de democracia e de política pelo qual jamais havia experimentado antes. “A sociedade está muito mais informada do que há anos atrás. É que a tecnologia e a transparência trazem à tona o que, por muito tempo, pouco sabíamos”, completou. Ressaltou a importância de se colocar na 

valtuir1política pessoas que tenham comprometimento com a sociedade e conclamou os partidos políticos a fazerem uma autocrítica sobre o tipo de candidatos que estão oferecendo à sociedade. "O povo não é tão livre para eleger. Ele escolhe dentre os nomes que os partidos nos oferecem", enfatizou. Para o economista, quanto melhor a nominata a ser apresentada, maior a probabilidade de que tenha ganhos substanciais na qualidade da política. “E isso passa, necessariamente, pelos partidos”. Ressaltou que os brasileiros vivem um aprendizado democrático, “de sofrimento, mas necessário para conseguirmos visualizar de forma mais clara o tipo de estado e de governo que queremos ter. E isso só vai melhorar na medida em que o controle social acontecer de forma efetiva”, acrescentou, lembrando que “Não existe democracia sem política”.

O auditor do TCE falou, ainda, sobre o papel do economista no mercado de trabalho, seja em empresas privadas ou no setor público, e na sociedade como um todo, e disse que os estudantes, “futuros economistas, devem começar a conhecer o papel de cada um na incansável busca de alternativas para o nosso país”.

Também estiveram presentes ao evento o presidente do Corecon-RS, economista Rogério Tolfo, o conselheiro Aristóteles Galvão e a coordenadora do Curso, economista Gisele Spricigo.