slogan

SELO ENEF

PIB do Rio Grande do Sul cresce 2% em 2019, acima da média nacional

Puxada pelo desempenho da agropecuária, a economia do Rio Grande do Sul cresceu 2,0% em 2019. O resultado positivo do Produto Interno Bruto (PIB) foi sustentado pelo bom comportamento das atividades no primeiro semestre do ano passado. Mesmo com uma desaceleração de 0,3% no quarto trimestre em relação a igual período de 2018, o PIB do RS em 2019 registrou alta acima da do indicador no país, que foi de 1,1%. 

 

O resultado do quarto trimestre de 2019 e o acumulado do ano foram divulgados na manhã desta quarta-feira (11/3) pelo Departamento de Economia e Estatística (DEE), vinculado à Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag). A retração registrada nos últimos três meses de 2019 foi influenciada principalmente pelo resultado da indústria, que apresentou queda de 3,9%. No período, agropecuária (+3%) e serviços (+1,5%) registram os melhores números. No país, no quarto trimestre, o PIB acumulou alta de 1,7%.

De acordo com os pesquisadores do DEE, o resultado do último trimestre abaixo do restante de 2019 já era esperado. A indústria enfrentou forte desaceleração no período, especialmente o segmento de veículos automotores e o de máquinas e equipamentos, que tinham uma alta base de comparação em relação a 2018. A queda geral só não foi mais significativa por conta dos números da agropecuária no trimestre, tradicionalmente um período de pouco destaque para o setor.

Os dados foram apresentados pelo pesquisador do Departamento de Economia e Estatística, economista Martinho Lazari, com a participação da coordenadora da Divisão de Análise Econômica e conselheira do Corecon-RS, economista Vanessa Neumann Sulzbach.

Leia a íntegra da matéria de Wagner Benites e Patrícia Specht, da Ascom/Seplag