slogan

SELO ENEF RGB 01

Seja qual for o seu motivo, faça um mundo com mais Economia.

O CrimeVis e o combate à criminalidade

jeferson

 

Jefferson Augusto Colombo

Economista, pesquisador em Economia da FEE
Corecon/RS Nº 7131

 

O que é o aplicativo CrimeVis?
O CrimeVis é um produto desenvolvido pela Fundação de Economia e Estatística (FEE), que busca apresentar, de maneira interativa e dinâmica, os crimes ocorridos nos municípios do Rio Grande do Sul. O aplicativo utiliza dados anuais da Secretaria de Segurança Pública para gerar gráficos, mapas e tabelas que permitem ao usuário obter informações sistemáticas e detalhadas sobre a criminalidade no Estado.

Qual a utilidade do aplicativo?
Esta inovadora ferramenta tem diversas aplicações para o cidadão e para o gestor público. A principal delas é permitir a avaliação de políticas de combate ao crime, seja em âmbito estadual, seja em âmbito municipal. Como exemplo, pode-se analisar a evolução de 12 diferentes tipos de delito, como homicídio doloso, latrocínio, furto, roubo, tráfico de entorpecentes, entre outros, em diferentes municípios, comparando os resultados locais com a evolução média no Estado ou em outros municípios. O aplicativo ainda agrupa cidades de acordo com o grau de incidência de determinado tipo de crime, permitindo uma avaliação mais criteriosa e focada em municípios com características criminais semelhantes. Finamente, o CrimeVis também permite avaliar o grau de dependência espacial de diferentes tipos de delito, ou seja, o quanto um aumento na taxa de criminalidade de um município afeta a taxa de criminalidade dos municípios vizinhos. Em conjunto, essas e outras funcionalidades do CrimeVis permitem ao gestor público diagnosticar a real situação da segurança pública em diferentes regiões do Estado e, a partir disso, elaborar políticas públicas inteligentes de combate ao crime.

Que tipo de informações ele disponibiliza?
As informações disponibilizadas pelo CrimeVis são diversas e respondem a perguntas recorrentes sobre segurança pública. Por exemplo: como evoluiu, na última década, os homicídios dolosos em Porto Alegre em relação ao total do Estado; Qual é a proporção de furtos em relação a crimes de latrocínio em Caxias do Sul, e como esta variável tem evoluído ao longo do tempo; Qual é o mapa de ocorrência de furtos nos Estado do Rio Grande do Sul; Enfim, estes são apenas exemplos de perguntas importantes que são respondidas pelo aplicativo. A exposição dessas informações também é um diferencial positivo do software. Pode-se analisar os dados através de séries temporais, mapas interativos, gráficos de representação, além de download das informações.

Com que frequência ele é atualizado?
A atualização dos dados ocorre em periodicidade anual, conforme novos registros de ocorrência de crimes são disponibilizados pela Secretaria da Segurança Pública do RS.

Quem compõe a equipe responsável pela criação e atualização do CrimeVis?​
O mérito da criação dessa inovadora ferramenta para retrato da criminalidade no RS é da equipe de pesquisadores da FEE chefiada pelo estatístico Renan Xavier, que está à frente do Núcleo de Dados e Estudos Conjunturais. Mais recentemente, a equipe lançou também, em parceria com o Núcleo de Demografia e Previdência da FEE, o PopVis, ferramenta similar ao CrimeVis mas que sintetiza informações sobre demografia e população do Estado do Rio Grande do Sul.

O aplicativo tem algum custo para o cidadão?
O aplicativo é gratuito e está disponível para acesso através do site da FEE - http://shiny.fee.tche.br/CrimeVis .
O PopVis também é de livre acesso através do endereço: http://shiny.fee.tche.br/PopVis