slogan

SELO ENEF

Economia da UFN é nota máxima!

taize

 

Taize Lopes
Economista, coordenadora do Curso de Ciências Econômicas
da Universidade Franciscana (UFN)
Corecon-RS Nº7956

 

Como foi recebida na região a notícia da Nota 5, do MEC, para o Curso de Ciências Econômicas da UFN?
Ficamos muito felizes com os resultados da avaliação do MEC. Nós, como professores, alunos e funcionários da Universidade Franciscana, entendemos que estamos colhendo os frutos de nosso trabalho junto ao Curso. A notícia foi divulgada nos meios de comunicação da UFN, como TV e redes sociais, além de ter destaque nas mídias locais. Percebemos, pelo retorno e felicitações recebidas, que a comunidade de Santa Maria também ficou bastante orgulhosa com esse resultado.

Quais os critérios utilizados pelo Ministério para a definição dessas notas?
Foram avaliados a organização didático-pedagógica do Curso, corpo docente e infraestrutura. Nesse contexto, os avaliadores analisam indicadores, como as políticas institucionais, estrutura curricular, perfil do egresso, titulação e regime de trabalho do corpo docente e da coordenação, atuação do Núcleo Docente Estruturante, ambientes de convivência, salas de aulas e laboratórios, biblioteca, entre outros. O próprio Instrumento de Avaliação de Cursos do MEC dá as diretrizes e os indicadores que serão avaliados.

Na sua opinião, o que foi determinante para a conquista dessa Nota?
O curso de Ciências Econômicas da UFN destaca-se por vários projetos, entre eles, o cálculo da taxa de inflação mensal para cidade de Santa Maria. Desde 2006, de forma ininterrupta, divulgamos o boletim do custo de vida para a cidade. Nesse projeto, estão envolvidos alunos e professores do Curso. Também, recentemente, tivemos a curricularização da extensão e a integração curricular entre os cursos de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas. Parte da disciplinas e projetos dos três cursos são integrados, possibilitando flexibilidade curricular e enriquecimento dos conhecimentos do estudante. Também, podemos citar a excelente organização administrativo-pedagógica da nossa IES, corpo docente qualificado, com experiências de internacionalização, oportunidades aos discentes, como intercâmbios, nivelamento em português e matemática, apoio psicológico, participação em projetos de pesquisa e extensão, entre outros, e ambientes de convivência.

Há quanto tempo existe o Curso de Ciências Econômicas da UFN?
As atividades do Curso iniciaram em 2003 e desde então, já promovemos mudanças curriculares, visando o atendimento de demandas do mercado e formação de atitudes e senso ético no exercício da profissão, como descrito nas Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Ciências Econômicas. A UFN também, ao longo dos anos, promoveu modernização da infraestrutura física e tecnológica, favorecendo o processo de ensino-aprendizagem. O apoio institucional e o engajamento de professores, alunos e funcionários, tem sido fundamental para a manutenção do curso e os resultados que estamos colhendo ano após ano.